Participamos do

Pintor do RN tem o próprio túmulo pronto há 7 anos: "Sempre foi um sonho"

Conhecido como Beto Fera, o pintor revela que muitas pessoas já se assustaram ao vê-lo ao lado do túmulo
15:07 | Nov. 03, 2021
Autor Melissa Carvalho
Foto do autor
Melissa Carvalho Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O potiguar Alberto Souza, de 54 anos, visita o cemitério público Campo Jorge, em Caicó, no Rio Grande do Norte, quase todo dia. Não para visitar um ente querido que partiu, mas para limpar o seu próprio túmulo, que já está pronto há sete anos. O pintor automotivo, conhecido como Beto Fera, revela que já assustou muitas pessoas por sua foto no túmulo.

Uma amiga de Beto, por exemplo, achou que ele estava morto ao ver sua foto no cemitério. A mulher se assustou ao ver o pintor vivo alguns dias depois. "Ela disse até que acendeu vela. Quando me encontrou teve um susto tão grande que ficou querendo falar comigo e faltando voz", contou ao portal G1.

 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Em outra situação, o homem foi visto por duas mulheres limpando a sepultura com sua foto. Uma delas perguntou se era irmão do morto. Ao afirmar que era seu túmulo, a mulher saiu andando rápido e puxando a outra. Beto acredita que ela pode ter imaginado “que era uma coisa diferente".

Segundo conta, o pintor sempre quis ter seu local para quando chegasse a hora da partida. "Sempre foi um sonho que eu tive, de infância, para quando eu morrer ter meu canto certo”, pontuou.

Beto ganhou o espaço de sua madrinha após os restos mortais de seu padrinho serem transferidos para outro cemitério. O potiguar conta que começou a construir tudo do jeito que queria e até fez fotos em estúdio para colocar na sepultura. Todos os dias o local é limpo pelo pintor ou sua esposa.

Tenha acesso a todos os colunistas. Assine O POVO+ clicando aqui

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags