Participamos do

Verba liberada pelo MEC será destinada para conclusão de obra no campus da UFC em Sobral

O reitor reclamou que a obra estava abandonada desde 2013 e é necessária para o campus do município, diante da carência de espaço. No total, R$ 21 milhões serão transferidos para intervenções estruturais na UFC

Parte dos recursos do Ministério da Educação (MEC) recebidos pela Universidade Federal do Ceará (UFC) serão destinados à conclusão de uma obra no campus da instituição em Sobral. A informação é do professor Cândido Albuquerque, reitor da UFC, em entrevista aos jornalistas Jocélio Leal e Rachel Gomes, da Rádio O POVO CBN, na manhã desta terça-feira, 9.

Albuquerque enfatiza que a obra que será concluída em Sobral estava abandonada desde o ano de 2013 e é necessária para o funcionamento da Universidade no local, diante da carência de espaço existente no campus. O reitor voltou a reclamar de uma “pequena parcela” da comunidade acadêmica que não consegue ver a instituição como uma produtora de conhecimento e responsável pela qualificação das pessoas que vão fazer o desenvolvimento do Estado.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A verba destinada a Sobral faz parte da liberação de R$ 21 milhões para investimentos em obras de infraestrutura pelo então ministro da Educação, Milton Ribeiro, durante sua visita a Fortaleza. Questionado sobre o recebimento dos valores, Cândido disse que recebeu uma parte do recurso, mas não especificou o valor. A previsão inicial era de que R$ 15 milhões fossem liberados neste ano e os outros R$ 6 milhões em 2023. “O restante do dinheiro está garantido, nós vamos receber”, ressaltou o reitor.

O chefe da administração superior da UFC ainda falou sobre sua relação com o atual ministro da Educação, Victor Godoy Veiga, com quem já se encontrou pessoalmente. “Eu tenho o telefone dele, falo diretamente com ele, assim como falava com o anterior (Milton Ribeiro)”, disse, afirmando que ainda não há uma previsão de quando o ministro deve visitar a UFC. “Eu tenho um contato permanente com todos: Governo do Estado, Prefeitura, Governo Federal... Enfim, com todas as áreas. Acho que a Universidade precisa dialogar”, acrescentou.

O docente ainda comentou sobre um recente resultado obtido pela UFC em um ranking internacional, que considerou a Universidade entre as 22% melhores do mundo, de acordo com a edição de 2022 do SCImago Institutions Rankings (SIR), levantamento anual elaborado pelo laboratório de pesquisa espanhol SCImago Lab. “Nós temos na UFC um crescimento da universidade no mérito acadêmico, fundamentalmente em pesquisa e ensino”, enfatizou.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar