PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Com 25 mil carros, Pacajus terá binário ligando o Centro da cidade à BR-116

As vias contarão com ciclofaixas unidirecionais e velocidade máxima de 40 km/h

12:24 | 02/07/2019
Após termino da nova pavimentação, a Rua Guarany passará a ter sentido único, do Centro à BR-116.
Após termino da nova pavimentação, a Rua Guarany passará a ter sentido único, do Centro à BR-116. (Foto: Reprodução/Google Maps)

O primeiro binário de Pacajus, município localizado na Região Metropolitana de Fortaleza, será implantado nas ruas Guarany e Tabelião José Gama Filho. A ideia é tornar o trânsito mais fluido entre o Centro da cidade e a BR-116, que dá acesso ao município.

A intervenção, que estabelece duas ruas paralelas que operam em sentidos contrários, contará com ciclofaixas unidirecionais e determinação de velocidade máxima de 40 km/h. A obra deve ser concluída no até o fim do ano, após o término da nova pavimentação da rua Guarany.

Binário em Pacajus
Binário em Pacajus (Foto: reprodução)

Com frota de 25 mil carros registrados, os motoristas enfrentam congestionamentos especialmente nos horários de pico, de acordo com Wellington Bandeira, presidente do Departamento Municipal de Trânsito e Transporte (Demutran). “Com o crescimento populacional e do número de veículos, ficou intransitável. Nossa intenção com essa obra é realmente desafogar o trânsito”, argumenta.

Wellington explica que a rua Tabelião José Gama Filho, por ser a única via totalmente asfaltada entre as duas, acaba concentrando o maior fluxo de veículos e aumenta o congestionamento.

 

Segurança viária

Neste ano, Pacajus registrou 70 acidentes de trânsito, com 33 feridos e uma morte, de acordo com dados do Demutran. Wellington comenta que a cidade tem as blitze educativas como principal forma para conscientização dos motoristas e prevenção de acidentes.

A atuação de apenas cinco agentes de trânsito, entretanto, deixa o município 80% abaixo da recomendação do número de agentes estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU). A entidade sugere que seja contratado um profissional para cada 1.000 carros. De acordo com Wellington, há previsão de concurso da Prefeitura para a admissão de novos agentes.

A cidade também recebeu uma nova sinalização horizontal e vertical, de acordo com a secretaria de Infraestrutura do município. Essa intervenção foi contemplada pelo programa Sinalize, do Governo do Estado, que objetiva diminuir o número de acidentes de trânsito e de vítimas no Estado.

Leonardo Maia / ESPECIAL PARA O POVO