Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Vereador é morto a tiros dentro de churrascaria em Horizonte, no Ceará

A vítima, conhecida como Franzé do Hospital, morreu no local

O vereador Francisco José dos Santos, o Franzé do Hospital, foi morto no começo da tarde desta sexta-feira, 5, em Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza. A vítima estava em uma churrascaria quando foi surpreendida por tiros.

Conforme O POVO apurou com uma fonte ligada à Segurança Pública, o executor chegou ao estabelecimento em uma motocicleta e rendeu todos que estavam no local. Em seguida, foi em direção ao vereador, atirou nele e fugiu. 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Franzé morreu no local. Nenhum pertence dele foi levado. A Polícia Militar do Ceará (PMCE) foi ao local para realizar buscas e aguardou a chegada da Perícia Forense. 

Reforço em Horizonte após morte de Franzé do Hospital 

Por meio de nota, a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) confirmou que a vítima foi morta por disparos de arma de fogo dentro do estabelecimento comercial na sede do município.

Reforços foram enviados à região para identificar e prender os responsáveis pelo crime. Conforme a SSPDS, foram deslocados agentes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da Delegacia Metropolitana de Horizonte, com apoio do Departamento de Inteligência (DIP) e da Coordenadoria de Inteligência (Coin).

Vereadores acreditam em crime político 

O vereador Haroldo da Saúde concedeu entrevista à TV e Web rádio Novo Horizonte e informou que ele e outros vereadores estavam almoçando com Franzé do Hospital. Estavam o vereador Getúlio Vargas, Renan do Posto Coluna e Antônio Filho, o próprio Haroldo da Saúde e Franzé do Hospital. Ele relata que todos os aparelhos celulares estavam em cima da mesa, e nada foi levado. Eles foram obrigados a deitar no chão enquanto o executor foi em busca de Franzé. "Perdemos um pai de família, amigo e cidadão de bem, uma pessoa que lutava por justiça social", lamentou. 

O político ressalta que o crime foi uma execução. Ele disse que o clima político em Horizonte é tenso em razão das eleições para a Câmara de Vereadores. Haroldo, emocionado, pediu que o caso fosse desvendado. 

O vereador Getúlio Vargas afirmou que eles estavam na Câmara Municipal de Horizonte e, por volta das 12h40min, foram almoçar. Ele afirmou que foram aproximadamente cinco ou seis tiros na cabeça de Franzé. A suspeita do vereador é de que seja um crime político, pois eles são oposição.

Os dois ainda ressaltaram que, por pouco, outro vereador que estava no local também não foi morto. Eles relatam que o executor chegou a apontar a arma para o vereador Antônio Filho, mas não o matou por falta de munição. 

Governadora afirma que crime contra vereador não ficará impune 

A governadora Izolda Cela utilizou as redes sociais para comentar o caso como inaceitável. Ela afirmou que determinou ao secretário da Segurança que enviasse o reforço necessário para a imediata identificação e prisão dos envolvidos.

"O crime não ficará impune. Ao mesmo tempo me solidarizo com os familiares e amigos do vereador Franzé do Hospital diante de tão trágico acontecimento", relata.

Atualizada às 19h21min

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar