Participamos do

Médicos de UPAs de Caucaia estão com dois meses de salário atrasado, diz prefeitura

A Fundação Leandro Bezerra de Menezes (FLBM) acordou sanar as dívidas com os profissionais em um prazo de três dias úteis após o próximo repasse financeiro da gestão municipal
22:28 | Out. 14, 2021
Autor Leonardo Maia
Foto do autor
Leonardo Maia Estagiário
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Os médicos que trabalham nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza, estão com dois meses de salários atrasados. Por meio de sua assessoria, a gestão municipal alega que já repassou os valores necessários para a Fundação Leandro Bezerra de Menezes (FLBM), responsável pela prestação de serviços nas UPAs da cidade, mas o dinheiro não foi enviado para os profissionais.

Na última sexta-feira, 8, representantes da administração de Caucaia e o advogado Walfrido Monteiro, responsável pela condução da FLBM, se reuniram com o Ministério Público do Ceará (MPCE) para tratar sobre o caso. Decidiu-se que após o próximo repasse realizado pela Prefeitura, a Fundação terá três dias úteis para sanar as dívidas com os médicos. As verbas devem ser transferidas pela gestão pública até o próximo dia 25.

LEIA TAMBÉM | 17 municípios cearenses devem pagamentos para médicos

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Sindicato dos Médicos cobra mais segurança em unidades de saúde de Fortaleza

“Nesta audiência, ficou claro que nunca houve repasse atrasado para a Fundação. Lembrando que nós fazemos o repasse sempre antecipado à entidade. E que toda e qualquer responsabilidade em relação ao pagamento, é diretamente com a Fundação. Cabe ao município fiscalizar e verificar se está ocorrendo de acordo. E é isso que nós estamos fazendo”, disse o secretário de Saúde de Caucaia, Zózimo Medeiros.

Em nota, a Fundação Leandro Bezerra de Menezes confirmou que fará os devidos pagamentos, até o terceiro dia útil, após o recebimento da verba repassada pela gestão municipal. "A FLBM reitera seu compromisso com a saúde pública de Caucaia e ratifica que cumprirá o acordo firmado", acrescenta.

Atualizada dia 15/10, às 18h41min

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags