Participamos do

Após cortejo, Marília Mendonça é sepultada em cerimônia fechada para família

Dezenas de motos e carros de fãs acompanharam o transporte do corpo da cantora até o Cemitério Memorial de Goiânia. Durante a tarde, milhares de fãs foram ao velório da artista, no ginásio Goiânia Arena
19:03 | Nov. 06, 2021
Autor Leonardo Maia
Foto do autor
Leonardo Maia Estagiário
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Após cortejo em carro aberto, o corpo da cantora sertaneja Marília Mendonça foi sepultado no fim da tarde deste sábado, 6, em cerimônia fechada para a família e pessoas próximas da artista goiana. Mais cedo, milhares de pessoas participaram do velório da cantora no ginásio Goiânia Arena. Ela morreu em acidente aéreo na tarde dessa sexta-feira, 5, em área com cachoeira na Serra de Caratinga, no interior de Minas Gerais. Além de Marília, outras quatro pessoas morreram: o piloto, copiloto, produtor e assessor, que também é tio dela.

Dezenas de carros e motos de fãs seguiram o cortejo que levava os corpos de Marília e do tio Abicieli Silveira Dias Filho para o cemitério. Fãs também se aglomeraram nas calçadas e em canteiros da estrada para tentar dar um último adeus para a cantora.

O percurso de 12 quilômetros entre o local do velório e o cemitério foi realizado em cerca de 1h30min pelo comboio, formado por batedores, em motos e viaturas de órgãos públicos de Goiás, além dos caminhões do Corpo de Bombeiros. Ônibus de cantores sertanejos, como Gustavo Lima e as duplas Israel e Rodolffo e Simone e Simaria, fizeram fila próximo ao cemitério, como forma de homenagear a cantora.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

LEIA TAMBÉM | ‘Inesquecível’, descreve fã que recebeu ligação de Marília Mendonça horas antes da tragédia

Na chegada do cortejo ao cemitério, os fãs aplaudiram e gritaram o nome da cantora. Apesar de pedidos contrários por parte da família, vários fãs acabaram se aglomerando nas proximidades do cemitério, em tentativa de se despedir da artista pela última vez. Durante o dia, o velório da cantora recebeu famosos, entre eles as duplas Henrique e Juliano, Maiara e Maraísa, Matheus e Kauan, Joao Neto e Frederico, além de Luísa Sonza, Jorge e Naira Azevedo.

No ginásio, houve ainda orações. Maiara e Maraisa cantaram o sucesso "Esqueça-me se for capaz", gravada em parceria com Marília Mendonça. Henrique e Juliano também fizeram uma homenagem com a música “Flor e o beija-flor”. Do lado de fora do ginásio, fãs se reuniram e entoaram diversas canções. A morte da cantora comoveu a comunidade de artistas e também diversas autoridades brasileiras, que deixaram mensagens de pesar nas redes sociais.

Em relação ao acidente, o avião bimotor que transportava a cantora Marília Mendonça atingiu um cabo de uma torre de distribuição da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). Conforme testemunhas e pilotos que sobrevoavam a região próximo ao momento do acidente, o avião teria "rasgado" fios de alta tensão ligados a uma torre próxima ao local. Até o momento, no entanto, não há confirmações sobre o motivo da queda. O Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) irá investigar o caso. (Com Agência Brasil)


 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags