PUBLICIDADE
Brasil
TRAGÉDIA EM SUZANO

Atiradores tinham 17 e 25 anos, de acordo com a Polícia de São Paulo

Ainda não foi divulgado se os jovens eram alunos ou ex-alunos da escola

13:30 | 13/03/2019
Pais, vizinhos e sobreviventes ocupam a frente da escola estadual em Suzano (Foto: Reprodução / Facebook)
Pais, vizinhos e sobreviventes ocupam a frente da escola estadual em Suzano (Foto: Reprodução / Facebook)

Os atiradores responsáveis pela morte de pelo menos oito pessoas, entre alunos e funcionários, na Escola Estadual Raul Brasil, em Suzano, foram identificados pela Polícia Militar de São Paulo. Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25 anos, dispararam contra os alunos e depois cometeram suicídio na manhã desta quarta-feira, 13.

Leia também: Vídeo mostra chegada dos atiradores a escola e estudantes fugindo

Ainda não há informações sobre a motivação do crime. Também não foi divulgado se os atiradores eram alunos ou ex-alunos da instituição. De acordo com o governador do Estado, João Doria, uma professora que estava presente afirmou não reconhecer os jovens.

Guilherme e Luiz Henrique entraram encapuzados pela porta da frente da escola no momento do intervalo dos estudantes do ensino médio portando um revólver calibre 38 e uma besta, arma medieval que solta flechas.

Redação O POVO Online