PUBLICIDADE
Shows & Espetáculos
Noticia

Silvero Pereira e Gyl Giffony driblam pandemia com apresentação online de peça

"Metrópole", obra original de Rafael Barbosa, conta a história de dois irmãos que compartilham experiências no teatro, mas divergem por suas visões da arte. Espetáculo será fechado e ingressos podem ser adquiridos via Sympla por R$ 12

Natália Coelho
17:36 | 08/06/2020
"Metrópole" é texto de 2012 e será estrelado por Silvero Pereira e Gyl Gifonny (Foto: Éden Barbosa/Divulgação)

Com teatros fechados e previstos para abrirem apenas na última fase da retomada gradual da economia do Ceará, artistas vêm construindo novas formas de se apresentar, se apropriando de novos espaços como palcos.

Os artistas cearenses Silvero Pereira, conhecido por seu papel no filme Bacurau, e Gyl Giffony, integrante da Inquieta Cia. de Teatro, apresentam nova versão da peça Metrópole nos próximos dias 15 e 16 de junho, às 21 horas, pelo Instagram @sala_de_espetaculos.

A fim de seguir a arte como profissão, ambas apresentações serão fechadas, e os ingressos podem ser adquiridos pela plataforma Sympla por R$ 12. Além da apresentação, o espetáculo será seguido por um bate-papo com os atores, em link divulgado durante o evento.

O texto, original de 2012 e de autoria de Rafael Barbosa, conta a história de dois irmãos que compartilham experiências no teatro, mas divergem nas próprias visões da arte. Intitulada de Metrópole Online: Arte para Alimentar, a peça passou por mudanças para se adequar à nova estrutura de apresentação — em que os atores permanecem cada um em sua casa.

LEIA TAMBÉM | Coletivo artístico organiza transmissão de peças online em junho

Segundo Silvero Pereira, as dificuldades de adaptação da peça vêm sendo relacionadas com essa reinvenção, em que o ator passa a ser operador de som e luz, cenógrafo, diretor etc. Entretanto, o momento também serve como oportunidade para novas descobertas.

“Tem sido prazeroso se adequar e descobrir novas linguagens, como o uso dos filtros do Instagram, ou a percepção de áudio dos espectadores, que estamos chamando de espectonline”, explica o ator, que completa 20 anos de carreira teatral em 2020.

O artista ressalta que a ideia de ressignificar o teatro surgiu da sua inquietude e da reflexão sobre seguir o trabalho na arte. “A ideia surgiu nesses dias refletindo na minha própria ansiedade e em como a gente faz para continuar existindo enquanto artista. É nosso primeiro experimento A gente não quer substituir o teatro, o olho no olho, a interação com o público… Mas a condição do momento não é essa, então a gente tem que reinventar”.

Já Gyl Giffony explica que a ideia de reunir pessoas e novas ideias para a adaptação tem sido uma experiência que motiva inclusive a própria criatividade. “Vejo que temos conseguido mobilizar compreensões que trazemos de nossas trajetórias na arte, de uma forma ampla, que faz com que realizamos essa criação de uma forma instigante: na composição de cena, movimentação, iluminação, especialidade, ritmo, duração…”, explica o ator, que há 14 anos trabalha no ramo artístico.

O funcionamento do espetáculo

A peça será transmitida em um Instagram privado, ao qual somente os compradores do ingresso poderão ter acesso. Transmitida ao vivo, a apresentação só estará disponível durante o evento e não será salva em nenhuma rede social, representando o próprio momento do teatro.

Os atores irão realizar uma live no Instagram @silveropereira nesta terça-feira, 9, às 22 horas, para tirar algumas dúvidas sobre o funcionamento e a estrutura da apresentação.

Serviço

Apresentação de “Metrópole online: arte para alimentar” + bate papo com os atores
Quando: segunda e terça, 15 e 16, às 21 horas
Onde: pelo Instagram @sala_de_espetaculos
Quanto: R$ 12, no site do Sympla

Live sobre estrutura do evento
Quando: terça, 9, às 22 horas
Onde: pelo Instagram @silveropereira