Alex Santiago nega renúncia da presidência do Fortaleza

O Esportes O POVO mantém a apuração de que o mandatário passava por desgaste e isolamento interno

O presidente do Fortaleza, Alex Santiago, utilizou suas redes sociais para negar a renúncia ao cargo no Tricolor. O dirigente, que já foi tricampeão cearense e bicampeão da Copa do Nordeste no período como diretor de futebol, vice-presidente e presidente do clube, afirmou que segue “normalmente” no exercício do principal cargo da diretoria executiva, para o qual foi eleito até dezembro de 2024, apesar de ter comunicado dirigentes, funcionários e conselheiros sobre a saída.

Contudo, o Esportes O POVO mantém a apuração de que o mandatário passava por desgaste e isolamento interno e já havia comunicado aos membros da diretoria quanto a decisão. Alex entendia que ele e o executivo Bruno Costa exerciam funções semelhantes em muitos momentos, sobretudo no mercado da bola, o que gerava ruídos na relação e, por isso, preparou a carta de renúncia para ser entregue ao Conselho Deliberativo até a próxima quinta-feira, 11.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Houve, inclusive, pedidos para que o dirigente apenas se licenciasse e depois retornasse ao posto. Com a saída, o 1º vice-presidente, Gama Filho, assumiria o cargo principal.

Vale lembrar que, na última terça-feira, 9, Alex publicou uma mensagem enigmática sobre despedidas, citando Di Stefano, maior ídolo da história do Real Madrid: "Todas as despedidas são tristes, mas um dia há que sair... E isso custa, e isso dói, especialmente quando ali estava o melhor da sua vida", publicou, em espanhol.

Com informações de Afonso Ribeiro e João Pedro Oliveira

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar