Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Vojvoda avalia atuação do Fortaleza na vitória contra o Ceará: "Bom funcionamento coletivo"

Após o triunfo por 2 a 0 sobre o maior rival, o argentino Juan Pablo Vojvoda concedeu entrevista coletiva e comentou sobre a partida

 O Fortaleza emplacou a segunda vitória consecutiva na temporada ao derrotar o Ceará por 2 a 0, na noite desta quarta-feira, 22, na Arena Castelão, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil. Em entrevista coletiva após o Clássico-Rei, o técnico Juan Pablo Vojvoda analisou a atuação do Leão do Pici, e elogiou a unidade da equipe dentro de campo:

“Jogamos com uma verdadeira unidade, com um bom funcionamento coletivo. O time respondeu defensivamente quando teve que responder. Ele (Fortaleza) respondeu ofensivamente também, sem muita posse de bola, ou tampouco um jogo vistoso, mas o time criou situações, que conseguimos converter em dois gols. Fizemos uma partida interessante e conseguimos, somente, o primeiro passo”, analisou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Vivendo um momento delicado na temporada, o Fortaleza mostrou ótimo poder de reação ao emplacar duas vitórias consecutivas, sendo uma delas sobre o rival Ceará. Vovjoda elogiou o lado psicológico do elenco, mas reitera que o time precisa continuar dando respostas como a dada no Clássico-Rei nos próximos jogos:

“Eu confio nesse time. Em momentos importantes eles respondem. Mas temos que responder em todos os momentos, porque a partir de agora todos os jogos serão muito importantes. Temos um bom grupo, um bom elenco. Temos que ter a humildade de continuar o nosso trabalho. Ter pés no chão”, ressalta.

A vitória do Fortaleza sobre o Ceará passa muito pelos pés de Yago Pikachu e pelas mãos de Marcelo Boeck. O ala marcou os dois gols da vitória, enquanto o goleiro operou verdadeiros milagres quando o jogo estava em aberto. Vojvoda comentou sobre a dupla:

“O Yago é um jogador importante para o time. É um dos nossos capitães. O Marcelo também. É um jogador que está no Fortaleza há muitos anos. Ele já viveu muitos momentos bons ou momentos que necessitavam dele, e ele sempre esteve ali”, comentou.

O técnico Juan Pablo Vojvoda surpreendeu na escalação inicial do Fortaleza ao utilizar a equipe com três volantes - Felipe, Zé Welison e Ronald - e dois centroavantes - Robson e Romero. Na coletiva, o comandante argentino explicou as escolhas, e ressalta que a parte física pesou para algumas decisões:

“Robson pode jogar também pelos lados. O sistema pode variar e tenho versatilidade quanto a isso. Levo também a avaliação quanto ao físico. Jogamos há três dias, vamos jogar dentro de três dias novamente. Lucas Lima teve muitos minutos acumulados também. Quando eu escolho uma estratégia, entra o todo e não somente a tática. Entra também o físico”, finalizou.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar