Participamos do

"A pressão é grande", diz Henríquez sobre classificação do Fortaleza para a Libertadores

O atacante chileno também falou sobre os desfalques recentes que o Tricolor do Pici tem tido nas últimas rodadas do Brasileirão e ressaltou que cada ponto conquistado nesta reta final do certame será importante
17:34 | Nov. 03, 2021
Autor Mateus Moura
Foto do autor
Mateus Moura Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Fortaleza segue focado para o duelo de sábado, 6, diante do Corinthians-SP, às 17 horas, na Neo Química Arena, em São Paulo (SP), pela 30ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Antes do treino desta quarta-feira, 3, o atacante Ángelo Henríquez concedeu entrevista coletiva e falou sobre os desfalques que o Leão terá para o embate e também da dificuldade que o Tricolor tem enfrentado nesta reta final do certame.

Na atual temporada, o Fortaleza já entrou em campo 58 vezes em partidas válidas pelo Campeonato Cearense (9x), Copa do Nordeste (10x), Copa do Brasil (10x) e Campeonato Brasileiro (29x). Com os atletas desgastados fisicamente, o escrete vermelho-azul-e-branco tem tido — e terá diante do Corinthians-SP — ausências importantes como Lucas Crispim e Yago Pikachu, que juntos somam 55% dos gols da equipe na competição.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Ultimamente estamos precisando muito de todos. Temos muitos jogos próximos e precisamos que todos estejam motivados e prontos para entrar em qualquer momento do jogo, seja de titular ou ao decorrer do jogo. Todos devem estar prontos para ajudar o time", ressaltou o chileno.

Com oito rodadas para o fim do Brasileirão, o Leão segue firme em busca da classificação histórica para a Copa Libertadores. Na 5º colocação, com 48 pontos, o time comandado pelo treinador Vojvoda possui 90,1% de chance de classificação para o torneio continental, de acordo o Departamento de Matemática da UFMG.

"Sabemos que será muito difícil. A pressão é grande, todos querem que o Fortaleza consiga se classificar para a Copa Libertadores. Vamos ter que estar muito fortes mentalmente para esses últimos jogos que temos e ganhar a maior quantidade de pontos. Ir de passo em passo, não pensar no último jogo e sim no próximo. Manter o trabalho de cada dia é a única forma de se manter concentrado para ganhar o jogo."

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags