Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Até o momento, Fortaleza acumula R$ 9,9 milhões em classificações na Copa do Brasil

Os tricolores voltam a se enfrentar pela Copa do Brasil nesta quarta-feira, 15, para decidir quem ficará com a vaga para a semifinal do torneio.
14:26 | Set. 14, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Após o empate em 2 a 2 no Morumbi, há três semanas, o Leão busca vencer na Arena Castelão para garantir a classificação direta, sem depender das penalidades. Quem avançar para a próxima fase vai receber a quantia de R$ 7,3 milhões.

O Tricolor está na competição desde a primeira fase e já conseguiu R$ 9,9 milhões com as classificações obtidas ao decorrer da competição. Caso se torne semifinalista, o Fortaleza alcançará feito inédito no torneio nacional e ainda baterá recorde de arrecadação na Copa do Brasil, chegando a R$ 17,2 milhões numa única edição da Copa do Brasil.

Além dos méritos esportivos e financeiros, o atacante do Leão, Wellington Paulista está próximo de conseguir a artilharia do torneio de mata-mata nacional. Com quatro gols marcados na competição, o camisa nove só fica atrás de Rossi, do Bahia, e de Rigoni, do São Paulo.

O Leão entra em campo contra o São Paulo nesta quarta-feira, 15, às 21h30min, na Arena Castelão, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

Valores por fase: 

1ª fase (participação): R$ 990 mil

2ª fase: R$ 1,07 milhão

3ª fase: R$ 1,7 milhão

Oitavas de final: R$ 2,7 milhões

Quartas de final: R$ 3,45 milhões

Semifinal: R$ 7,3 milhões

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

FutCast #174 - Wellington Paulista: das peneiras ao gol no Barcelona, Chapecoense, Fortaleza e futuro

Podcast
14:11 | Set. 14, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O FutCast desta semana traz uma entrevista exclusiva com o atacante Wellington Paulista, do Fortaleza, para as Páginas Azuis, do O POVO. O experiente centroavante, que defendeu vários clubes do Brasil e também passou pela Europa, falou sobre a trajetória no mundo da bola, as experiências na Espanha e na Inglaterra, a reconstrução da Chapecoense, o desempenho no Fortaleza e o futuro aos 38 anos.

Ouça abaixo o episódio 174 completo:

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Tinga fala em "virar a chave" para o duelo entre Fortaleza e São Paulo pela Copa do Brasil

COLETIVA
17:24 | Set. 13, 2021
Autor Mateus Moura
Foto do autor
Mateus Moura Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

 O lateral-direito Tinga, capitão e peça importante para o sistema defensivo do Fortaleza sob o comando do treinador Vojvoda, comentou, em entrevista coletiva nesta segunda-feira, 13, sobre o duelo decisivo contra o São Paulo, pelas quartas de final da Copa do Brasil, que acontece quarta-feira, 15, às 21h30min, na Arena Castelão.

Há cinco partidas sem vencer no Brasileirão, o Leão vive seu pior momento desde que Vojvoda assumiu o clube, no início de maio deste ano. De acordo com Tinga, é preciso “virar a chave” para o confronto diante dos paulistas.

"Sabemos que o momento (na Série A) não é bom, mas na Copa do Brasil está sendo muito bom, então a gente vira a chave. Tudo que foi no Brasileiro a gente esquece. O jogo vai ser muito difícil, mas estamos na nossa casa, temos totais condições de fazer um grande jogo e conquistar a classificação."

Para o Fortaleza, um triunfo contra o São Paulo significa uma classificação inédita para a semifinal da Copa do Brasil, além da premiação em dinheiro, cerca de 7,3 milhões de reais. Já para o Tricolor paulista, avançar no torneio mantém vivo as chances do clube conquistar pela primeira vez o título da competição nacional.

"O peso é para os dois lados, o São Paulo também quer classificar. É uma vaga para a semifinal, entrar na história. O São Paulo nunca foi campeão da Copa do Brasil. É um jogo muito difícil, eles querem muito, mas nós também queremos. Tudo que vale, os valores em dinheiro, uma ida à semifinal, onde podemos chegar na final. Sabemos das dificuldades, mas se Deus quiser faremos um bom jogo."

No primeiro confronto entre as equipes, o duelo terminou empatado por 2 a 2, no estádio Morumbi. O São Paulo abriu dois gols de vantagem, mas o Tricolor do Pici, nos momentos finais da partida, igualou o placar com Yago Pikachu e Romarinho. O lateral-direito projetou um jogo decidido nos detalhes neste segundo e decisivo encontro.

"Vai ser no detalhe. Uma bola parada, um duelo individual. A gente sabe que a equipe do São Paulo poupou alguns jogadores na partida passada, contra o Fluminense, então teoricamente vão vir mais descansados. Mas estamos recuperando bem, quem está cansado vai se entregar ao máximo, porque vale muito para nós."

Sem gol qualificado nesta fase da competição, uma vitória simples por qualquer placar garante a classificação do Leão para a semifinal. Para Tinga, o jogo desta quarta-feira, 15, será um dos mais importantes da temporada.

"É uma das partidas mais importantes. Acho que significa tudo para o clube, jogadores e técnico. O Fortaleza nunca chegou em uma semifinal, então marcar nosso nome na história mais uma vez vai ser importante. Não tem nada impossível de se fazer, se a gente fizer o nosso jogo, marcando em cima, sendo intenso e com cuidado nos detalhes, conseguiremos a classificação."

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Após derrota, Fortaleza se reapresenta de olho no São Paulo; veja desfalques

No Pici
14:28 | Set. 13, 2021
Autor Afonso Ribeiro
Foto do autor
Afonso Ribeiro Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Um dia depois da derrota por 2 a 0 para o Atlético-MG, na Arena Castelão, pela Série A, o Fortaleza volta aos treinos na tarde desta segunda-feira, 13, no Centro de Excelência Alcides Santos, com foco no duelo contra o São Paulo, pela Copa do Brasil. O zagueiro Marcelo Benevenuto e o meia Lucas Lima serão desfalques, e o volante Felipe é dúvida para o duelo tricolor.

No último domingo, 12, o Leão foi derrotado pelo líder Galo, sofreu o primeiro revés como mandante na atual edição do Brasileirão e caiu para a quarta posição. Com calendário cheio, as atenções no Pici já se voltam para o confronto decisivo no torneio nacional.

O técnico Juan Pablo Vojvoda não poderá contar com Marcelo Benevenuto e nem com Lucas Lima em razão do regulamento. O defensor já atuou pelo Botafogo-RJ no mata-mata, enquanto o camisa 25 defendeu o Palmeiras-SP. O posto na armação deve ser reassumido por Matheus Vargas, enquanto Matheus Jussa, Bruno Melo e Jackson são opções para a zaga.

O Tricolor de Aço ainda poderá ter outra baixa: com entorse no tornozelo direito, Felipe ficou fora contra o Atlético-MG, segue em recuperação e não tem presença garantida diante da equipe paulista. A vaga no meio-campo no último compromisso foi novamente ocupada por Jussa, que também pode ser recuado para a zaga e abrir espaço para Ronald como volante.

Fortaleza e São Paulo se enfrentam na próxima quarta-feira, 15, às 21h30min, no Castelão, no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Na partida de ida, no Morumbi, os times empataram em 2 a 2. Com o resultado, o vencedor do segundo embate avança à semifinal, enquanto nova igualdade levaria a decisão para os pênaltis.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Após derrota para o Atlético-MG, Fortaleza perde invencibilidade contra o G-4 da Série A

13:07 | Set. 13, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A derrota do Fortaleza para o Atlético-MG, no último domingo, 12, por 2 a 0, tirou a invencibilidade do Leão contra as equipes do G-4 do Brasileirão. Antes da 20ª rodada, o Tricolor tinha 100% de aproveitamento, com vitórias sobre o próprio Galo, o Palmeiras e o Bragantino. Com o revés diante dos mineiros e a entrada do Flamengo no grupo dos quatro mais bem colocados, o time do Pici agora tem duas derrotas e dois triunfos.

Além da perca da invencibilidade contra o G-4, o Tricolor também amargou o fim da série invicta como mandante no Castelão. Foram seis vitórias, três empates e uma derrota nos 10 jogos disputados na Arena, obtendo um aproveitamento de 70%. O Leão do Pici conquistou 21 pontos em casa dos 33 que acumulou na primeira divisão.

Mesmo com toda a força da equipe em casa, o Fortaleza não conseguiu quebrar a sequência de cinco jogos sem vencer. Foram quatro empates e uma derrota, destes, o revés e mais dois empates foram no Castelão. O clube cearense agora terá duas partidas seguidas longe da Arena, contra Internacional e Sport.

O primeiro embate do Leão acontecerá neste domingo, 19, às 11 horas, no Beira-Rio, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 33 pontos e na quarta posição, o Leão busca recuperar a terceira colocação na Série A.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará e Fortaleza completam somados 10 jogos sem vencer na Série A

10:34 | Set. 13, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Ceará e Fortaleza apresentaram uma queda de desempenho neste momento do Campeonato Brasileiro e, após as derrotas para Grêmio e Atlético-MG, respectivamente, somam juntos 10 partidas sem vencer. Já são cinco rodadas seguidas sem vitórias dos rivais na primeira divisão. A dupla cearense só tem jejum menor que o Santos, há seis confrontos sem triunfos, e o Athletico-PR, com oito partidas sem conquistar os três pontos.

Os clubes que amargam sequências sem triunfo são o Furacão (8), o Peixe (6), o Sport (5), o Vovô (5) e o Leão (5). Dentre os nordestinos com cinco jogos sem comemorar vitória, os pernambucanos ainda jogam na rodada, em casa, contra o Internacional, e podem chegar ao sexto embate. A Chapecoense, clube com maior período sem ganhar nesta edição da Série A, venceu o Bragantino fora e deu fim a marca negativa.

O jejum de vitórias dos rivais da capital cearense se refletiu na tabela. Nos cinco jogos sem vencer, o Ceará somou dois pontos dos 15 possíveis, caindo da sétima colocação para a 11ª. Já o Fortaleza não teve grandes prejuízos e, mesmo obtendo apenas três pontos em cinco rodadas, conseguiu perder só uma posição, saindo do terceiro lugar para o quarto.

Ceará e Fortaleza entram em campo neste final de semana no Brasileirão, pela 21ª rodada, buscando encerrar a marca negativa. O Alvinegro recebe o Santos no sábado, 18, às 21 horas, no Castelão. Já o Tricolor vai a Porto Alegre encarar o Internacional, no Beira-Rio, neste domingo, 19, às 11 horas.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags