Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Após derrota para o Atlético-MG, Fortaleza perde invencibilidade contra o G-4 da Série A

Ao final da 20ª rodada, com o revés para o Galo e a entrada do Flamengo nos quatro primeiros colocados, o Leão saiu do 100% de aproveitamento para duas derrotas e dois triunfos
13:07 | Set. 13, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A derrota do Fortaleza para o Atlético-MG, no último domingo, 12, por 2 a 0, tirou a invencibilidade do Leão contra as equipes do G-4 do Brasileirão. Antes da 20ª rodada, o Tricolor tinha 100% de aproveitamento, com vitórias sobre o próprio Galo, o Palmeiras e o Bragantino. Com o revés diante dos mineiros e a entrada do Flamengo no grupo dos quatro mais bem colocados, o time do Pici agora tem duas derrotas e dois triunfos.

Além da perca da invencibilidade contra o G-4, o Tricolor também amargou o fim da série invicta como mandante no Castelão. Foram seis vitórias, três empates e uma derrota nos 10 jogos disputados na Arena, obtendo um aproveitamento de 70%. O Leão do Pici conquistou 21 pontos em casa dos 33 que acumulou na primeira divisão.

Mesmo com toda a força da equipe em casa, o Fortaleza não conseguiu quebrar a sequência de cinco jogos sem vencer. Foram quatro empates e uma derrota, destes, o revés e mais dois empates foram no Castelão. O clube cearense agora terá duas partidas seguidas longe da Arena, contra Internacional e Sport.

O primeiro embate do Leão acontecerá neste domingo, 19, às 11 horas, no Beira-Rio, pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com 33 pontos e na quarta posição, o Leão busca recuperar a terceira colocação na Série A.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará e Fortaleza completam somados 10 jogos sem vencer na Série A

10:34 | Set. 13, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Ceará e Fortaleza apresentaram uma queda de desempenho neste momento do Campeonato Brasileiro e, após as derrotas para Grêmio e Atlético-MG, respectivamente, somam juntos 10 partidas sem vencer. Já são cinco rodadas seguidas sem vitórias dos rivais na primeira divisão. A dupla cearense só tem jejum menor que o Santos, há seis confrontos sem triunfos, e o Athletico-PR, com oito partidas sem conquistar os três pontos.

Os clubes que amargam sequências sem triunfo são o Furacão (8), o Peixe (6), o Sport (5), o Vovô (5) e o Leão (5). Dentre os nordestinos com cinco jogos sem comemorar vitória, os pernambucanos ainda jogam na rodada, em casa, contra o Internacional, e podem chegar ao sexto embate. A Chapecoense, clube com maior período sem ganhar nesta edição da Série A, venceu o Bragantino fora e deu fim a marca negativa.

O jejum de vitórias dos rivais da capital cearense se refletiu na tabela. Nos cinco jogos sem vencer, o Ceará somou dois pontos dos 15 possíveis, caindo da sétima colocação para a 11ª. Já o Fortaleza não teve grandes prejuízos e, mesmo obtendo apenas três pontos em cinco rodadas, conseguiu perder só uma posição, saindo do terceiro lugar para o quarto.

Ceará e Fortaleza entram em campo neste final de semana no Brasileirão, pela 21ª rodada, buscando encerrar a marca negativa. O Alvinegro recebe o Santos no sábado, 18, às 21 horas, no Castelão. Já o Tricolor vai a Porto Alegre encarar o Internacional, no Beira-Rio, neste domingo, 19, às 11 horas.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Fortaleza perde invencibilidade como mandante na Série A após derrota diante do Atlético-MG 

REPERCUSSÃO
19:42 | Set. 12, 2021
Autor Iara Costa
Foto do autor
Iara Costa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Com a derrota por 2 a 0 diante do Atlético-MG, o Fortaleza perdeu a invencibilidade como mandante que possuía na Série A do Brasileirão. Nas 20 rodadas disputadas, o Leão jogou dez partidas em casa. Dessas, o time venceu seis vezes, empatou outras três e sofreu o primeiro revés no Castelão neste domingo, 12.

Os triunfos ocorreram diante do Internacional (5 a 1), Sport (1 a 0), Chapecoense (3 a 2), América-MG (4 a 0), Corinthians (1 a 0), RB Bragantino (1 a 0). Já os empates foram conquistados contra o Fluminense (1 a 1), Santos (1 a 1) e Cuiabá (0 a 0). Dois dos três empates ocorreram nas últimas cinco rodadas, as quais o Leão não conseguiu emplacar nenhuma vitória, dentro ou fora de casa. 

Com o resultado negativo deste domingo, 12, além de perder a invencibilidade como mandante, o Fortaleza de Vojvoda chega a cinco jogos sem vencer no Brasileirão. São dois reveses, nas rodadas 20 e 19, e três igualdades somadas nas rodadas 16, 17 e 18. Com a própria derrota e vitória do Flamengo diante do Palmeiras, o Tricolor do Pici cai para a 4ª posição na tabela com 33 pontos.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Vojvoda aprova atuação do Fortaleza em derrota para Atlético-MG e cobra melhora em finalizações

Palavra do mister
19:28 | Set. 12, 2021
Autor Afonso Ribeiro
Foto do autor
Afonso Ribeiro Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Em entrevista coletiva após a derrota por 2 a 0 para o Atlético-MG, neste domingo, 12, na Arena Castelão, pela 20ª rodada da Série A, o técnico do Fortaleza, Juan Pablo Vojvoda, aprovou a atuação da equipe, destacou a qualidade do rival e apontou a necessidade de melhoria na pontaria nas finalizações em meio à sequência de seis jogos seguidos sem vencer.

Após um primeiro tempo equilibrado, o Galo selou a vitória na segunda etapa: Zaracho abriu o placar após jogada trabalhada de Hulk e Vargas, e Junior Alonso ampliou a vantagem após cobrança de escanteio de Nacho Fernández. O Tricolor tentou pressionar na reta final, mas deu pouco trabalho para o goleiro Everson.

"Foi um primeiro tempo em que o Fortaleza teve um nível muito similar ao adversário, que tem muita qualidade. O Fortaleza sustentou essa qualidade mediante intensidade e também forçando e criando situações de gol, não muitas, o adversário tampouco criou muitas chances de gol. No segundo tempo, o gol do adversário foi muito cedo, aos três minutos, em uma boa jogada coletiva, e o segundo gol em uma bola parada que não defendemos bem. Estou conforme com o rendimento do time. Nesta derrota, estou conforme. A sensação é boa", analisou o treinador.

O revés diante dos mineiros foi o primeiro resultado negativo do Leão como mandante na atual edição do Brasileirão. Após a quinta partida seguida sem vitória na competição, a equipe do Pici foi ultrapassada pelo Flamengo-RJ e caiu para a quarta posição.

"Hoje não tivemos transições ofensivas, o adversário não deu espaço para ter transições ofensivas", pontuou Vojvoda. "É um adversário que nos fez um dano em uma boa jogada coletiva, mas nós também temos que melhorar na zona de finalização", completou o comandante.

O setor ofensivo, aliás, virou motivo de alerta para o treinador argentino. Com a seca de gols dos atacantes e o placar em branco diante do Atlético-MG, Vojvoda reconheceu a obrigação de maior precisão nos arremates a gol para retomar o caminho dos triunfos.

"A confiança da equipe vai seguir alta. A equipe sabe que tem que melhorar na zona dos metros finais, o time tem que trabalhar para conseguir o gol, fazer mais situações de gols e converter, com mais determinação nesses metros finais. Trabalharemos para melhorar nesse aspecto", frisou.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Éderson cita "erro coletivo" como principal motivo para derrota do Fortaleza contra o Atlético-MG

SÉRIE A 2021
18:40 | Set. 12, 2021
Autor Iara Costa
Foto do autor
Iara Costa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A cinco jogos sem vitória na Série A, o Fortaleza caiu para a quarta posição após novo revés, dessa vez diante do Atlético-MG dentro de casa por 2 a 0. Para o volante Éderson, o principal motivos dos gols tomados pelo Leão nas últimas rodadas do Brasileirão é o erro coletivo da equipe.  

 "Nesses últimos jogos, os gols não tiram mérito dos adversários, mas é mais erro coletivo. Não dá para culpar ninguém individualmente, pois são erros coletivos. Precisamos acertar esses detalhes", ressaltou o volante.

Para ele, o Tricolor do Pici precisa ajustar detalhes e se recuperar para fazer uma boa partida diante do São Paulo. Os times se enfrentam na quarta-feira, 15, pela Copa do Brasil. Na partida de ida, as equipes empataram em 2 a 2 no Castelão

"Temos um jogo importantíssimo contra o São Paulo pela Copa do Brasil e temos que ajustar nossa equipe. Nosso time correu bem, até o último minuto, mas temos que ajustar esses detalhes", pontuou.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Fortaleza perde para o Atlético-MG e chega a cinco jogos sem vitória na Série A; veja os gols

SÉRIE A 2021
17:58 | Set. 12, 2021
Autor Iara Costa
Foto do autor
Iara Costa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Fortaleza foi derrotado em 2 a 0 pelo Atlético-MG na tarde deste domingo, 12, no Castelão. Os gols da partida foram marcados por Zaracho e Alonso, ambos no segundo tempo. Com o resultado, o Leão chega a cinco jogos sem vitória na Série A do Brasileirão. 

Com a própria derrota e vitória do Flamengo diante do Palmeiras, o Tricolor do Pici cai para a 4ª posição na tabela. Já o time mineiro se consolida na liderança do torneio com 42 pontos. 

O Fortaleza entra em campo novamente nesta quarta-feira, 15, às 21h30min, quando enfrenta o São Paulo no Castelão pelo jogo de volta das quartas de final da Copa de Brasil. No jogo de ida, as equipes empataram em 2 a 2 no Morumbi. Pelo Brasileirão, o time comandado por Vojvoda joga a 21ª rodada no próximo domingo, 19, às 11 horas, no Beira-Rio.

O JOGO -  Os minutos iniciais do jogo entre Fortaleza e Atlético-MG foram de bastante cautela. Embora os times jogassem bem, o primeiro lance ofensivo perigoso da partida só ocorreu aos 10 minutos, quando Mariano cruzou a bola para a área, mas o zagueiro Benevenuto fez o corte de cabeça. Dois minutos depois, o Fortaleza teve uma falta perigosa na entrada da grande área. Na cobrança, a bola cobrada por Crispim desviou e foi em direção ao gol, mas Éverson fez grande defesa.

Após as chances iniciais criadas pelas equipes, o embate se tornou mais disputado. Aos 14 minutos, em contra-ataque e livre de marcação, Vargas subiu pela direita e levou perigo ao gol de Felipe Alves. Na finalização, a bola desviou na marcação do Tricolor do Pici e bateu na rede pelo lado de fora. 

O principal problema do Fortaleza era quanto aos passes errados, enquanto o Atlético-MG pecava mais nas finalizações. Após os 30 minutos, com as linhas mais adiantadas, o Leão até chegou a criar mais chances nos acréscimos da primeira etapa, mas foi ao intervalo sem balançar as redes do Castelão. 

No início da segunda etapa, quem conseguiu mandar a bola para dentro do gol foi o Atlético-MG. Aos três minutos, o time mineiro chegou ao ataque pela direita com Nacho. Com espaços dados pela marcação do Leão, ele tocou para Hulk, que mandou para Vargas. Vargas trabalhou com Zaracho, que abriu o placar no Castelão. 

Após a desvantagem, o Tricolor chegou a assustar a meta de Éverson com uma bola lançada por Lucas Crispim. No ataque, Robson recebeu, mas não conseguiu dominar para finalizar sem que antes a bola batesse no próprio braço. Vojvoda promoveu mudanças no ataque, tirando Robson e colocando Igor Torres, mas a substituição não fez com que o Leão melhorasse ofensivamente.

Aos 23 minutos, Alonso ampliou para o Galo. Após cobrança de escanteio, ele cabeceou para o fundo das redes de Felipe Alves. Insatisfeito com a atuação do Leão, Vojvoda seguiu promovendo mudanças, colocando Matheus Vargas no lugar de Matheus Jussa e Edinho na vaga de Yago Pikachu. Num outro momento, o técnico argentino colocou Romarinho e Wellington Paulista e tirou Lucas Lima e David de campo. As mudanças não foram suficiente para que o Leão conseguisse alcançar uma virada.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags