PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
Noticia

Tinga rechaça favoritismo do Fortaleza em Clássico-Rei da Copa do Brasil

Escalado também como zagueiro, lateral-direito prevê equilíbrio em confrontos diante do Ceará pelo torneio nacional e fala sobre nova função com Vojvoda

17:31 | 01/06/2021
Lateral-direito Tinga com a bola no jogo Atlético-MG x Fortaleza, no Mineirão, pela Série A (Foto: Leonardo Moreira / Fortaleza EC)
Lateral-direito Tinga com a bola no jogo Atlético-MG x Fortaleza, no Mineirão, pela Série A (Foto: Leonardo Moreira / Fortaleza EC)

Acostumado a disputar Clássicos-Rei ao longo das cinco temporadas com a camisa do Fortaleza, o lateral-direito Tinga nega que a equipe do Pici seja favorita para o duelo diante do Ceará nesta quarta-feira, 2, às 19 horas, na Arena Castelão, pela terceira fase da Copa do Brasil, prega respeito e prevê equilíbrio no encontro inédito.

"Não, não. Não tem favorito em clássico. Em qualquer jogo, Estadual, Brasileiro, Copa do Brasil, não tem favorito. A gente sabe que tem que mostrar dentro de campo. Sabemos da dificuldade que está o campo, que está muito ruim, o Castelão não está ajudando no nosso estilo de jogo, e isso está dificultando os jogos que estamos jogando em casa. Tem que tentar passar por cima disso também, com a bola no chão tentar trabalhar o máximo possível para conseguir as jogadas e neutralizar as forças deles, que são os contra-ataques muito rápidos e a bola parada. A gente tem que fazer o máximo possível para evitar isso e também concentrar cada vez mais para conseguir os gols", avaliou o camisa 2.

Na atual temporada, Leão e Vovô já se enfrentaram três vezes - uma pela Copa do Nordeste e duas pelo Campeonato Cearense. Foram dois empates sem gols - um em cada torneio - e um triunfo tricolor por 2 a 0, pelo Estadual. Apesar do retrospecto favorável, Tinga projeta partida nivelada e alerta para os pontos fortes do arquirrival.

LEIA MAIS

+ Fortaleza e Ceará fazem Clássico-Rei milionário na Copa do Brasil; veja prováveis escalações
+ Fortaleza está interessado no artilheiro da segunda divisão da Argentina, diz repórter
+ Fortaleza marcou 41 gols na temporada e trio de ataque divide a artilharia

"A gente sabe que vai ser um duelo dificílimo. Eles pouparam jogadores para o duelo contra a gente, então a gente sabe que vai ser muito difícil, complicado. Eles estão dando muita importância e a gente também está dando a maior importância porque é um clássico, ainda em uma Copa do Brasil, que vale tanto, uma oitavas de final e financeiramente para o clube. Acho que vai ser um dos maiores clássicos agora, já vai ser o quarto clássico (em 2021). Todo mundo já se conhece, sabe o que a gente pode fazer e o que eles podem fazer, então vai ser um jogo de detalhes, quem errar menos vai vencer o jogo. E são 180 minutos, então a gente tem que estar muito focado, não desestabilizar nesse primeiro jogo porque sabe que tem o outro. Tem que estar sempre com cautela, mas querendo atacar e vencer o jogo", avisou.

"A gente sempre joga para vencer, independente da situação. São dois jogos, 180 minutos. Tem que manter a calma, trabalhar bem a bola, não forçar demais, atacar em grupo. A gente sabe que eles vão vir marcando lá atrás, esperar o nosso erro, então tem que tomar mais cuidado, estar mais concentrado. Tem que jogar na nossa forma para conseguir a vitória quarta-feira e também a classificação na outra quinta", completou o lateral.

Sob o comando de Juan Pablo Vojvoda, Tinga passou a atuar também como zagueiro no 3-5-2 ou 3-4-3. O gaúcho de 27 anos destaca a adaptação à nova função, revela ajuda do técnico argentino e aponta os pontos positivos.

"Com certeza nessa função a gente corre menos, porque não precisa chegar na linha de fundo. Isso me ajuda bastante, como eu tenho muita força consigo manter o ritmo o jogo todo, porque não precisa dar tanta explosão até a linha de fundo. Então consigo jogar bem, manter o ritmo os 90 minutos, e isso é importantíssimo. Estou treinando bem, me ambientando bem e o professor está me ajudando bastante, conversando, meus companheiros também. Isso está me agregando mais uma posição e vai me ajudar cada vez mais e ao Fortaleza também", disse.