Participamos do

Enderson Moreira se diz surpreso com a demissão do Fortaleza

O treinador relatou as dificuldades de um início de temporada com calendário apertado e elenco em reformulação
10:18 | Abr. 26, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Após a demissão, Enderson Moreira manifestou por meio de nota oficial a sua surpresa perante a decisão do Fortaleza. Segundo o ex-técnico tricolor, apesar de troca de treinadores ser algo comum no futebol, o comandante contava com o apoio da diretoria e os resultados eram satisfatórios.

Enderson citou que chegou ao Fortaleza tentando manter o time na Série A e conseguiu a realização do objetivo. O treinador ainda ressaltou que a pandemia deixou o calendário mais apertado e o elenco estava em meio a uma reformulação, acrescentando que tinha duas competições em andamento.

“A troca de treinadores é bastante corriqueira no futebol brasileiro, mas, dessa vez, recebi com surpresa a notícia do meu desligamento do Fortaleza, muito em virtude de tudo o que vinha sendo construído com o respaldo da diretoria. Ano passado, fui contratado com a missão de garantir a permanência da equipe na Série A do Campeonato Brasileiro, e esse objetivo foi alcançado. Nesta temporada, em virtude da pandemia, nosso calendário ficou ainda mais apertado, e o plantel vem sendo reformulado com as competições em andamento, com jogadores deixando o clube e outros chegando numa semana e estreando na outra”, afirmou Enderson.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O treinador coloca os outros feitos que conseguiu no Fortaleza como um aproveitamento de 76,9%, a melhor campanha da Copa do Nordeste e a classificação na Copa do Brasil. O ex-comandante do Leão assumiu que não estava tudo ótimo com o desempenho da equipe, mas acreditava que a probabilidade era de melhor até o início da Série A.

“(...) temos um aproveitamento de quase 80% na temporada, com 9 vitórias, 3 empates e apenas 1 derrota - a melhor campanha na fase de grupos da Copa do Nordeste, na ponta do Campeonato Cearense e classificados na Copa do Brasil. Para mim, futebol não é apenas resultado, mas organização e competitividade dentro de campo, então repito o que sempre disse: não é porque o time estava ganhando que estava tudo certo. O time poderia render mais – como provavelmente iria render até o Brasileiro, visto que, mesmo com tantas chegadas e partidas de atletas, vínhamos numa boa evolução” relatou Enderson.

O ex-técnico do Fortaleza encerrou a nota oficial desejando tudo de bom ao Tricolor e a diretoria que abriu as portas do clube.

“Neste momento, cabe a mim acatar a decisão do presidente, que abriu as portas do clube para mim, e desejar sucesso ao Fortaleza, que é um time de massa e merece todo o meu respeito, e aos atletas, que se dedicaram para fazer em campo o trabalho proposto e manter um ambiente agradável e respeitoso no dia a dia”, concluiu Enderson Moreira.

 

Confira a nota na intergra:

 

“A troca de treinadores é bastante corriqueira no futebol brasileiro, mas, dessa vez, recebi com surpresa a notícia do meu desligamento do Fortaleza, muito em virtude de tudo o que vinha sendo construído com o respaldo da diretoria. Ano passado, fui contratado com a missão de garantir a permanência da equipe na Série A do Campeonato Brasileiro, e esse objetivo foi alcançado. Nesta temporada, em virtude da pandemia, nosso calendário ficou ainda mais apertado, e o plantel vem sendo reformulado com as competições em andamento, com jogadores deixando o clube e outros chegando numa semana e estreando na outra.

Mesmo assim, temos um aproveitamento de quase 80% na temporada, com 9 vitórias, 3 empates e apenas 1 derrota - a melhor campanha na fase de grupos da Copa do Nordeste, na ponta do Campeonato Cearense e classificados na Copa do Brasil. Para mim, futebol não é apenas resultado, mas organização e competitividade dentro de campo, então repito o que sempre disse: não é porque o time estava ganhando que estava tudo certo. O time poderia render mais – como provavelmente iria render até o Brasileiro, visto que, mesmo com tantas chegadas e partidas de atletas, vínhamos numa boa evolução.

Neste momento, cabe a mim acatar a decisão do presidente, que abriu as portas do clube pra mim, e desejar sucesso ao Fortaleza, que é um time de massa e merece todo o meu respeito, e aos atletas, que se dedicaram para fazer em campo o trabalho proposto e manter um ambiente agradável e respeitoso no dia a dia.

Um abraço e meu muito obrigado a todos!

Enderson Moreira”

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags