PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

Rogério Ceni celebra pontos somados sob adversários diretos: "essas vitórias são fundamentais"

Com gol de pênalti de Wellington Paulista, o Fortaleza venceu o Sport por 1 a 0 na Arena Castelão nesta quarta-feira

Iara Costa
21:36 | 09/09/2020
FORTALEZA, CE, BRASIL, 09.09.2020: Rogerio Ceni. Fortaleza x Sport, na Arena Castelão pelo Campeonato Brasileiro. em época de COVID-19.  (Foto: Aurelio Alves/ O POVO). (Foto: Aurelio Alves/ O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 09.09.2020: Rogerio Ceni. Fortaleza x Sport, na Arena Castelão pelo Campeonato Brasileiro. em época de COVID-19. (Foto: Aurelio Alves/ O POVO). (Foto: Aurelio Alves/ O POVO)

Após dois resultados adversos, o Fortaleza reencontrou na noite desta quarta-feira, 9, o caminho da vitória após vencer o Sport por 1 a 0 no Castelão. Para além dos pontos somados que colocaram o time algumas colocações acima na tabela, o técnico Rogério Ceni celebrou também o fato da vitória ter sido sob um adversário direto do Tricolor do Pici no Campeonato Brasileiro. 

"Vencer é sempre importante e vencer um time que provavelmente é competidor com o Fortaleza é ainda mais. (O Sport) é um time do Nordeste, com viagens longas, que cansa em avião e tem um nível de jogo parecido com o nosso. Essas vitórias são fundamentais para que você não deixe esses adversários escaparem. Esperamos que a gente consiga continuar vencendo esses duelos como foi ano passado que vencemos muitos jogos de confronto direto", falou o treinador em coletiva após a partida. 

Leia também: "É continuar subindo na tabela", comemora Wellington Paulista após vitória do Fortaleza

Para alcançar o resultado, o treinador do Leão iniciou a partida com Tinga na lateral ao invés de Gabriel Dias e utilizou-se das suas cinco substituições na segunda etapa, quando a posse de bola ficou mais equilibrada para a equipe visitante.

Ceni justificou suas mudanças apontando o condicionamento físico dos atletas. "A gente tenta aproveitar o melhor momento de cada um, condicionamento físico. Tentamos ver a condição do jogo para encontrar a melhor dupla de laterais para cada jogo", disse. 

Em relação à substituição do Osvaldo, que deu lugar ao Yuri César, o técnico apontou que o atacante acabou não levando vantagem nas disputas individuais. "Precisávamos colocar o Yuri. Romarinho bem do lado direito, David com Wellington altos e ajudavam na bola aérea e isso é importante numa base de jogo. Osvaldo hoje não levou muita vantagem no um contra um, foi substituído como muitas vezes já aconteceu. Jogou 70 minutos". 

+ Veja como foi a partida entre Fortaleza e Sport pela Série A do Campeonato Brasileiro

Apesar de ter menos posse de bola que partidas anteriores, o Fortaleza finalizou 12 vezes na partida. Contudo, somente quatro dos chutes foram no gol. Em relação aos números, Ceni credibilizou o grau de competitividade ofensiva do Campeonato Brasileiro. 

"Tivemos as oportunidades, chutamos, passamos perto. O problema é que não é fácil fazer gol. Tem muitos jogos truncados. Temos que arrumar maneiras de entrar na equipe adversária. Temos que arriscar cada vez mais e ficamos sujeitos a contra-golpe. O time balançou bem o jogo, coisa que não fizemos bem em outros jogos. Campeonato Brasileiro é muito parecido os times que jogam no mesmo patamar", salientou o técnico. 

O Fortaleza volta a campo pela Série A do Campeonato Brasileiro no próximo domingo, 13, quando enfrenta o Grêmio às 16 horas, fora de casa.