PUBLICIDADE
Fortaleza Esporte Clube
NOTÍCIA

"É continuar subindo na tabela", comemora Wellington Paulista após vitória do Fortaleza

O atacante marcou o gol de pênalti que deu a vitória do Leão do Pici sobre o Sport-PE

Domitila Andrade
20:39 | 09/09/2020
Wellington Paulista marca e Fortaleza vence no Brasileirão (Foto: Leonardo Moreira /FortalezaEC)
Wellington Paulista marca e Fortaleza vence no Brasileirão (Foto: Leonardo Moreira /FortalezaEC)

Com direito a selfie de comemoração com time todo, o gol de pênalti convertido por Wellington Paulista sacramentou a vitória do Fortaleza sobre o o Sport-PE e marcou o reencontro do Leão com as vitórias, depois de duas rodadas. O Fortaleza chegou aos 11 pontos e está na sétima posição, ainda restando jogos para o fim da rodada.

"(O Sport) é um time difícil de penetrar na defesa deles. A gente tinha pego eles na Copa do Nordeste, tinham marcado muito bem a gente, tanto é que foi um jogo 0 a 0, e hoje a gente sabia que ia ser do mesmo jeito, que eles iam abdicar do jogo, não iam atacar a gente, iam ficar marcando o tempo todo e fizeram isso praticamente o jogo todo, a gente tinha que achar uma forma de poder entrar na defesa deles. Tinha que balançar uma bola, prum lado e por outro até achar um momento certo. E, graças a Deus, numa jogada individual do Romarinho a gente conseguiu achar um pênalti, e fizemos o gol. E agora é continuar a sequência e continuar subindo na tabela para que a gente consiga coisa melhores", disse o autor do gol ao fim da transmissão, no canal Premiere.

O gol foi o quarto tento marcado pelo atacante na Série A 2020 e no acumulado, disputando o certame desde 2004, WP9, aos 31 anos, tem a impressionante marca de 98 gols no Campeonato Brasileiro - quase metade dos 192 gols da carreira. Pelo Fortaleza, este é 25º gol do camisa 9 - 10 deles só este ano.

Depois de gol de pênalti, Wellington Paulista tirou selfie para comemorar
Depois de gol de pênalti, Wellington Paulista tirou selfie para comemorar (Foto: Wellington Paulista / FortalezaEC)

Em entrevista coletiva guiada, o atacante falou do bom momento e analisou a carreira goleadora. "Já tive momentos bons em outros clubes. Depende da sequência de jogos e de clubes. Teve ano que eu fiz 30 gols no ano, teve ano que fiz 31, 29. Tiveram anos que não foram tão bons, fiz menos gols. A minha característica não pode mudar de jeito nenhum, tem de continuar trabalhando para ajudar meus companheiros da melhor maneira possível, correndo dentro de campo e quando tiver a oportunidade colocar a bola pra dentro do gol", pontuou.  

Sobre o gol desta noite, Wellington falou que a batida pênalti é característica sua desde 2012. "Sempre bato assim. É uma forma arriscada, tem muita gente que não gosta. Rogério acho que quase morre do coração aqui do lado de fora. Mas é a minha forma de bater, eu tenho confiança nela. Já perdi, é natural do futebol sei que vou perder mais vezes, espero que demore muito pra perder e eu continue fazendo os gols necessários", comentou.