Participamos do

Icasa admite erro na contagem de cartões e espera notificação do TJDF

Procuradoria do TJDF já recebeu a notícia de infração e deve ofertar denúncia. I casa deve perder quatro pontos pela escalação e jogador irregular, mas já traça estratégia para evitar rebaixamento
17:45 | Fev. 22, 2022
Autor Brenno Rebouças
Foto do autor
Brenno Rebouças Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A notícia de infração protocolada pelo Atlético-CE no Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol (TJDF) contra o Icasa, apontando a escalação de um jogador irregular por parte do Verdão no Campeonato Cearense, foi despachada pelo presidente do órgão, Fred Bandeira, para a Procuradoria nesta terça-feira, 22.

Cabe agora ao procurador-geral do TJDF, Roberto Henrique Girão, ofertar denúncia (colocar em julgamento) ou não. Internamente, a diretoria do Icasa já aguarda notificação. O clube reconhece que houve erro na contagem de cartões e, consequentemente, a escalação de um jogador irregular, mas prepara defesa.

"O clube admite a falha. A gente já conversou com o supervisor que era responsável pelo controle, houve a falha. Internamente, a gente está apurando se essa falha foi isolada ou se existem outras razões, situações que justifiquem isso, para tomar as medidas necessárias. E juridicamente, a gente vai esperar ser notificado para poder se defender. Já estamos contratando advogados para poder defender o clube", disse o gerente de futebol do Icasa, Fabiano Rodrigues, que assumiu o cargo na sexta-feira passada, 18, em conversa com Esportes O POVO.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O jogador em questão é Leandro Mendes, que completou a segunda sequência de três cartões amarelos no Icasa, nos jogos contra Crato (8ª rodada), Ferroviário (12ª rodada) e Maracanã (13ª rodada) e por isso deveria estar suspenso para a partida frente ao Iguatu (14ª rodada), mas foi a campo.

Pela escalação de um jogador irregular, o Verdão pode perder 4 pontos e se isso acontecer, será rebaixado no lugar do Atlético-CE.

O Esportes O POVO apurou, no entanto, que o Icasa poderá investir na situação envolvendo o Crato Esporte Clube, na justiça desportiva. O Azulão foi suspenso do Campeonato Cearense por ter partidas suspeitas de manipulação de resultados. O entendimento é que os pontos de quem disputou partidas contra a equipe cratense podem não ser contabilizados se as fraudes nos jogos ficarem provadas. Dessa forma, o Verdão escaparia do rebaixamento.

O Icasa não comentou sobre estratégia de defesa jurídica e reafirmou que aguarda notificação.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags