Participamos do

Sejuv não libera Castelão para o Ferroviário e jogo contra Juazeirense deve ir para a Arena das Dunas

Jogo pela fase preliminar da Copa do Nordeste acontecerá na véspera de Ceará x Palmeiras, pela Série A, o que vai de encontro à Portaria da Sejuv que veta jogos com intervalos menores que 48 horas no Castelão
16:08 | Out. 14, 2021
Autor Brenno Rebouças
Foto do autor
Brenno Rebouças Repórter
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

*Atualizada às 21h02min do dia 14/10/2021

A partida entre Ferroviário e Juazeirense-BA, pela segunda etapa da Fase Preliminar da Copa do Nordeste de 2022, deverá acontecer na Arena das Dunas, em Natal. Essa foi a solução encontrada pela diretoria coral após a Secretaria do Esporte e Juventude (Sejuv) negar a liberação do Castelão para o duelo.

Para dar a negativa, a Sejuv, que cuida do equipamento esportivo, se apoiou na Portaria de 12 de julho de 2021, que veta a realização de jogos no Castelão com menos de 48 horas ininterruptas de intervalo. O jogo entre Ferroviário e Juazeirense foi marcado para 19 de outubro, próxima terça-feira, e no dia seguinte haverá Ceará x Palmeiras, pela Série A do Brasileiro, jogo atrasado, mas que estava marcado antes.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A Portaria foi baixada com o argumento de preservação do gramado, que na época sofria muitas críticas pela condição em que estava. Apenas o secretário do Esporte e Juventude, Rogério Pinheiro, teria poderes para fazer a liberação, segundo o artigo 4º do documento, mas a decisão foi por cumprir o espaçamento entre as partidas.

O Ferroviário havia tentado modificar o dia e o horário da partida, mas não conseguiu devido à grade de transmissão. A diretoria não vê outra possibilidade de estádio para mandar o jogo, que é noturno (21h30min), uma vez que o Elzir Cabral tem problemas no sistema de iluminação e o Carlos de Alencar Pinto, do Ceará, segundo os dirigentes, não teria condição de receber torcida e é o campo de treino diário do Vovô.

Diante da situação, o Ferrão já enviou ofício para a administração da Arena das Dunas, pedindo para mandar o jogo lá. Em conversa com o Esportes O POVO, o presidente coral, Newton Filho, lamentou a impossibilidade de jogar no Castelão.

“Infelizmente, vamos perder nosso mando de campo, privar o torcedor de ver esse jogo. Essa portaria só proíbe o Ferroviário de jogar no Castelão. Vamos ter que jogar em Natal”, disse.

O Ferroviário larga direto na segunda etapa da Fase Preliminar do Nordestão e se avançar — precisa de uma vitória simples no tempo normal ou nos pênaltis, em caso de empate no tempo regulamentar — ficará a dois jogos (ida e volta) de disputar a fase de grupos do torneio regional.

O Floresta, que eliminou o Treze-PB na primeira etapa, enfrenta o Santa Cruz na segunda fase. Caso o Tubarão e o Lobo avancem, os dois cearenses se enfrentam valendo uma vaga na fase de grupos da Copa do Nordeste.

Confira nota da Sejuv sobre o assunto:

A Secretaria do Esporte e Juventude (Sejuv) informa que segue a portaria em conjunta com a Superintendência de Obras Públicas do Estado do Ceará (SOP), que estabelece intervalo mínimo de 48 horas ininterruptas entre as partidas realizadas na Arena Castelão.

Na época, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a Federação Cearense de Futebol (FCF) e os clubes Ceará, Fortaleza, Ferroviário e Floresta foram oficialmente comunicados. As entidades organizadoras do calendário do futebol receberam ainda solicitação para que definam os jogos que irão acontecer na Arena Castelão nos dois próximos fins de semana, períodos em que há previsão de choque com o intervalo determinado.

Devido a isso, como há jogo marcado antecipadamente pela Série A do Campeonato Brasileiro, entre Ceará x Palmeiras, na quarta-feira (20), fica inviabilizado o jogo Ferroviário x Juazeirense, pela pré-Copa do Nordeste, um dia antes.

Lembramos que a Arena Castelão passa constantemente por uma programação de manutenção: replantio da grama, corte, adubação, descompactação do solo, entre outros serviços. Cada tipo de intervenção depende, entre outros fatores, além da necessidade periódica, de intervalo sem jogos e de condições climáticas adequadas.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags