Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Ferroviário oficializa o lateral-direito Polegar como reforço para o restante da Série C

O lateral-direito de 27 anos retorna ao Tubarão da Barra após boa passagem na campanha da equipe no Campeonato Cearense
19:47 | Ago. 31, 2021
Autor Mateus Moura
Foto do autor
Mateus Moura Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Tubarão da Barra firmou um contrato em definitivo com o lateral-direito Polegar até o fim da temporada 2021. O atleta se destacou pelo Coral no campeonato cearense deste ano e pertencia ao América-RJ. O Ferroviário agora aguarda a regularização do jogador para que ele possa estrear na Série C.

Na primeira passagem, Polegar jogou dez partidas pelo Ferroviário e não marcou nenhum gol. Ele retorna ao time em um momento crucial, de returno da primeira fase da Série C. A equipe treinada por Francisco Diá está fora da zona de classificação no momento, na quinta colocação com 20 pontos, um a menos que Paysandu-PA (4º), Botafogo-PB (3º) e Manaus-AM (2º), ambos com 21 pontos. O líder Tombense-MG está com 22.

Com a volta do jogador, a disputa pela titularidade na lateral-direita deverá se acirrar. Lázaro não era ameaçado por Roni na posição. Este último, inclusive, foi emprestado ao América-RN, até o fim da Série D, e terá a vaga preenchida por Polegar.

O jogador chegou em Fortaleza no dia 16, e está, desde então, participando dos treinamentos com o restante do grupo.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Wesley Dias, do Ferroviário, diz que equipe está "trabalhando ao máximo" para voltar a vencer

SÉRIE C
19:18 | Ago. 31, 2021
Autor Mateus Moura
Foto do autor
Mateus Moura Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ferroviário segue se preparando para o duelo diante do Volta Redonda-RJ, que acontece sábado, 4 de setembro, às 21 horas, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), pela 15ª rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. Apesar do empate por 0 a 0 na última rodada contra o Jacuipense-BA — o sexto consecutivo do Tubarão na competição —, o Coral ganhou uma posição na tabela e subiu para o quinto lugar, com 20 pontos.

Na tarde desta terça-feira, o treinador Francisco Diá realizou treinamentos com ênfase nas conclusões ao gol. A equipe está enfrentando muitas dificuldades no setor ofensivo e não tem conseguido marcar nas partidas. Com apenas oito tentos em 14 rodadas, o Tubarão da Barra se tornou o pior ataque do Grupo A.

"Os resultados não estão vindo. Nós estamos tentando. Queremos a vitória. Fica claro para todo mundo o quanto temos lutado e batalhado para que esse gol saia. Não saiu ainda, mas tenho muita fé que no próximo jogo possamos ser mais felizes nas nossas finalizações e no nosso jogo em conjunto, para que possamos sair com a vitória”, ressaltou Wesley Dias.

Com quatro rodadas restantes para o término da primeira fase da Terceirona, o Grupo A está embolado e indefinido. O Ferroviário, atualmente na quinta colocação com 20 pontos, está a dois de diferença do líder Tombense-MG, com 22. Paysandu-PA (4º), Botafogo-PB (3º) e Manaus-AM (2º), completam o G-4, ambos com os mesmos 21 pontos.

"Está muito embolado. A tabela nos ajudou muito. Nosso foco e pensamento é ir lá em Volta Redonda e empenhar nosso jogo, ser decisivo e sair com os três pontos. Claro que queremos ganhar todos os jogos. Estamos trabalhando ao máximo. Eu sei que quando começar a fluir, esses gols vão vir", contou o volante.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Com três cearenses, sorteio da fase prévia da Copa do Nordeste será nesta quinta

14:21 | Ago. 31, 2021
Autor Horácio Neto
Foto do autor
Horácio Neto Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Copa do Nordeste tem sorteio marcado para esta quinta-feira, 2, para definir os duelos da etapa preliminar da competição. O Ceará terá cinco representantes no torneio regional, Fortaleza e Vovô na fase de grupos, e Ferroviário, Atlético-CE e Floresta no mata-mata prévio do Nordestão.

A competição teve um aumento de 20 para 36 clubes, destes 24 entrarão na fase prévia eliminatória do torneio local. Ferroviário e Atlético-CE ingressam pela campanha no Estadual e o Floresta via melhor cearense ranqueado da CBF fora os que já estão no Nordestão.

Com o aumento de clubes, a competição nordestina também aumentou número de partidas da etapa de classificação. Anteriormente em apenas um confronto, agora a Copa do Nordeste terá três fases de mata-mata. O Lobo da Vila e a Águia da Precabura estarão desde o início, enquanto o Tubarão da Barra entrará na segunda.

Os duelos da primeira etapa serão nos dias 13 ou 14 de outubro, enquanto a segunda fase será disputada em 20 ou 21 do mesmo mês. Já a terceira fase, que definirá quem avança para o torneio, terá partidas de ida e volta: nos dias 27 ou 28 de outubro e 3 ou 4 de novembro.

Equipes na prévia da Copa do Nordeste:

Vagas dos estaduais

Alagoas: CRB
Bahia: Bahia de Feira e Juazeirense
Ceará: Ferroviário e Atlético-CE
Maranhão: Moto Club
Paraíba: Sousa
Pernambuco: Santa Cruz e Retrô
Piauí: Fluminense
Rio Grande do Norte: ABC
Sergipe: Lagarto

Vagas por ranque da CBF por cada estado
Alagoas: ASA
Bahia: Vitória
Ceará: Floresta
Maranhão: Imperatriz
Paraíba: Botafogo-PB
Pernambuco: Central
Piauí: River
Rio Grande do Norte: América-RN
Sergipe: Confiança

Vagas por ranking da CBF independente de estado

Paraíba: Treze (65º)
Bahia: Jacuipense (71º)
Sergipe: Itabaiana (73º)

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Governo edita MP que institui novo marco legal do transporte ferroviário

ECONOMIA
20:59 | Ago. 30, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia
O presidente Jair Bolsonaro assinou Medida Provisória que institui o novo marco legal do transporte ferroviário. Segundo informou nesta segunda-feira, 30, a Secretaria Geral da Presidência da República, a medida, que ainda será publicada no Diário Oficial da União, visa desburocratizar o procedimento de autorização para construção de novas ferrovias e facilitar a atração de investimentos privados para o setor. O governo espera assim expandir a capacidade de transporte ferroviário e reduzir custos de logística no País.
Um projeto de lei apresentado pelo senador José Serra (PSDB-SP) em 2018 traz um arcabouço atualizado de regras para o setor de ferrovias, mas está parado no Senado. As discussões sobre a proposta evoluíram nos últimos anos, sob relatoria do senador Jean Paul Prates (PT-RN), mas a votação do projeto não chegou a ser encaminhada. A edição de uma Medida Provisória vinha sendo defendida pelo ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, como forma de dar segurança jurídica para os projetos em curso nos Estados.
No último dia 17, em audiência pública no Senado, Tarcísio voltou a justificar a urgência de destravar o marco legal das ferrovias em razão da evolução do tema nas legislações estaduais. Os Estados do Mato Grosso, Minas Gerais e Pará já contam com leis que permitem um novo regime de operação de ferrovias, o de autorização, dentro de seus limites territoriais. A ideia do novo marco é liberar esse modelo a nível federal. A modalidade permite que ferrovias sejam construídas sem um processo concorrencial. Hoje, a operação do modal por empresas precisa passar por uma licitação, que resulta na concessão.
Uma das mudanças trazidas pela MP, segundo a Secretaria Geral, refere-se exatamente à permissão da construção de novas ferrovias por autorização. Poderá ainda ser autorizada a exploração de trechos sem operação, devolvidos, desativados ou ociosos.
A MP era vista com bons olhos também pelo setor privado. Conforme noticiou na semana passada o Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, a Associação Nacional de Transportadores Ferroviários (ANTF) acreditava que a Medida Provisória, cujos efeitos são imediatos a partir da publicação, seria importante para agilizar a sinergia entre os projetos de ferrovia estaduais e os federais, que já funcionam atualmente em regime de concessão.
"As iniciativas dos Estados de regulamentar regionalmente (o regime de autorização) são bem-vindas. Um País que tem baixa densidade de malha ferroviária não pode se dar ao luxo de ficar discutindo paternidade dos projetos. E é aí que a MP ganha relevância porque é preciso que haja diálogo entre essas iniciativas estaduais e o sistema ferroviário federal", afirmou ao Broadcast na ocasião o diretor-executivo da ANTF, Fernando Paes.
A MP vai permitir um procedimento ainda mais simplificado se o interessado pretender construir somente em áreas privadas obtidas sem a necessidade de desapropriação. Segundo a Secretaria Geral, bastará "mero registro" junto à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).
A medida traz outra novidade que é a simplificação do procedimento para prestar serviço de transporte ferroviário como Operador Ferroviário Independente. Bastará apresentar a documentação exigida à ANTT e a autorização será expedida automaticamente.
O novo marco também irá possibilitar que as administradoras ferroviárias se associem para criar entidade autorregulatória, que irá estabelecer padrões técnico-operacionais sem ingerência do Estado, limitada a regular questões de segurança e situações pontuais.
As atuais concessionárias, pelo modelo proposto, se prejudicadas pela entrada em operação de ferrovia autorizada ou caso se comprometam com a expansão do serviço, poderão migrar para o novo regime jurídico de autorização. Segundo a Secretaria Geral, essa migração não trará prejuízo a obrigações contidas nos atuais contratos quanto a investimentos e manutenção do transporte de passageiros.
De acordo com dados do Ministério da Infraestrutura, a atual malha ferroviária do País é semelhante à existente em 1922, de cerca de 29 mil quilômetros. Se forem descontados os trechos subutilizados, chega-se a cerca de 20 mil quilômetros de malha, área próxima aos níveis que o Brasil tinha em 1910. "A modalidade de concessão, forma pela qual o serviço de transporte ferroviário é prestado atualmente, tem se revelado incapaz de promover todos os investimentos necessários ao desenvolvimento do setor", diz a nota da Secretaria Geral.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ferrão tem sexto empate seguido e se distancia do G4

Blog do Eliomar
18:28 | Ago. 28, 2021
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ferroviário chegou ao sexto empate seguido na Série C do Campeonato Brasileiro, na tarde deste sábado (28), no estádio Elzir Cabral, ao ficar no 0 a 0 com o Jacuipense/BA. Com o resultado, o Ferrão desperdiçou a chance de entrar no G4, além de ficar ameaçado de se distanciar da faixa de classificação à próxima fase.

Sem marcar sequer um gol em quatro horas e 30 minutos de bola rolando, o que equivale aos três últimos empates em 0 a 0, o Ferroviário mostrou nesta tarde o motivo de um ataque improdutivo e sem criação no meio de campo.

Apesar de duas bolas na trave, o time cearense não chegou a assustar o penúltimo colocado do Grupo A. No próximo sábado (4), o Ferroviário enfrenta o Volta Redonda, no Rio de Janeiro.

Série D

Com dois gols relâmpagos, nos acréscimos do segundo tempo, o Guarany de Sobral derrotou o Moto Club/MA, por 4 a 2, na tarde deste sábado (28), no estádio do Junco, e garantiu por antecipação o primeiro lugar do Grupo 2 da Série D do Campeonato Brasileiro.

Geraldo abriu o placar para o time sobralense, aos 13 minutos de partida. Diego empatou para o Moto Club, aos 38 minutos. Na segunda etapa, Hugo foi o nome da partida, ao botar o Guarany novamente à frente do placar, aos 2 minutos. Wallace, de pênalti, aos 31 minutos, empatou de novo para os maranhenses. Mas Hugo, duas vezes, nos acréscimos, deu a vitória ao Guarany.

A partida foi válida pela décima terceira rodada, a penúltima da primeira fase da competição.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ferroviário pressiona Jacuipense, mas não marca e empata sexto jogo consecutivo na Série C

Seca de gols
17:31 | Ago. 28, 2021
Autor Brenno Rebouças
Foto do autor
Brenno Rebouças Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Ferroviário chegou aos sexto empate consecutivo na Série C do Brasileiro. Na tarde deste sábado, 28, novamente no Elzir Cabral, o Tubarão não saiu do 0 a 0 diante do Jacuipense-BA, vice-lanterna do Grupo A.

O panorama da partida foi o mesmo do jogo passado, com o Ferrão desperdiçando boas chances de marcar. Berguinho, duas vezes, e Reinaldo tiveram as oportunidades mais claras, mas concluíram mal. O centroavante Edson Cariús passou novamente em branco, mas também não recebeu nenhuma bola com boa condição para finalizar.

A equipe baiana aproveitava contra-ataques, causando alguns sustos na meta do goleiro Rafael, que precisou fazer duas boas defesas. Na reta final do jogo, o técnico Francisco Diá colocou o Tubarão todo para cima, com quatro atacantes, mas a bola teimava em não entrar.

O ponto conquistado, porém, não foi suficiente para recolocar o time no G-4, já que o Tombense bateu o líder Manaus, assumiu a liderança, o que, por consequência, expulsou o Ferrão da quarta posição. Com 20 pontos, porém, o time da Barra do Ceará praticamente espanta o risco de rebaixamento.

Depois de dois jogos literalmente em casa, em sua sede, a equipe coral agora viaja para o Rio de Janeiro, no próximo fim de semana, para enfrentar o Volta Redonda-RJ, concorrente direto por vaga na zona de classificação.

 

LEIA MAIS NO ESPORTES O POVO

Guarany vence Moto Club por 4 a 2 e segue na liderança isolada do Grupo A2 da Série D

Brasiliense vence Porto Velho por 2 a 1 pela Série D do Brasileirão

Fortaleza quer trazer mais um reforço na janela de transferência; Fechamento não impede regularização

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags