Participamos do

Estado pede paralisação de jogos, mas FCF e clubes tentam manter competições nacionais

À espera de publicação de decreto sobre novo lockdown, Federação e clubes costuram negociação com Governo para disputa de partidas de futebol no período
10:17 | Mar. 04, 2021
Autor Afonso Ribeiro
Foto do autor
Afonso Ribeiro Repórter de Esportes
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O anúncio de novo lockdown em Fortaleza realizado pelo governador Camilo Santana na última quarta-feira, 3, deve afetar os jogos de futebol no Ceará. À espera da publicação do decreto, a Federação Cearense de Futebol (FCF) e os clubes tentam manter a disputa de jogos de competições nacionais, enquanto o poder público deseja a paralisação total das partidas, apurou o Esportes O POVO.

A partir do pronunciamento do governador, que não citou a situação do futebol, as horas seguintes nos bastidores passaram a ser de contatos e negociações. O principal argumento usado pela entidade e pelas equipes é de que a rotina do futebol segue em um ambiente controlado, com testagens constantes, número reduzido e definido de profissionais envolvidos e sem presença de público nos estádios.

+ Com novo decreto de lockdown em Fortaleza, veja o que pode funcionar
+ O que muda do toque de recolher para lockdown e veja onde medidas são adotadas

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A FCF e os clubes tentam negociar que os torneios chancelados pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) - Copa do Nordeste e Copa do Brasil - sigam em andamento. No Nordestão, os representantes do Estado são Ceará e Fortaleza. Já a primeira fase do mata-mata nacional tem Ferroviário, Guarany de Sobral e o próprio Tricolor do Pici.

No caso do Campeonato Cearense, a intenção é encerrar ao menos a primeira fase. Os quatro jogos da última rodada estão marcados para o próximo domingo, 7, já com o lockdown em vigência.

As partes seguem entre conversas e articulações para tentar chegar a um consenso antes da publicação do decreto no Diário Oficial do Estado (D.O.E.). O lockdown será iniciado na sexta-feira, 5, e terá duração até o próximo dia 18.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags