PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
Noticia

Presidente do Ceará promete protesto na CBF contra árbitro do VAR: "Insiste em prejudicar"

Robinson de Castro critica Wagner Reway, árbitro de vídeo na partida contra o Vitória-BA, e diz que fará reclamação à entidade nacional pelo erro em expulsão de Gabriel Dias

19:13 | 24/04/2021
Presidente do Vovô, Robinson de Castro, diz que clube fará protesto à CBF contra a arbitragem (Foto: FABIO LIMA)
Presidente do Vovô, Robinson de Castro, diz que clube fará protesto à CBF contra a arbitragem (Foto: FABIO LIMA)

Após o erro de arbitragem que culminou na expulsão do lateral-direito Gabriel Dias no triunfo do Ceará por 2 a 0 sobre o Vitória-BA, neste sábado, 24, na Arena Castelão, pela semifinal da Copa do Nordeste, o presidente Robinson de Castro informou que fará protesto à Comissão de Arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) contra Wagner Reway, responsável pelo VAR no confronto.

Nos minutos finais do jogo, em disputa de bola com Wesley, do Rubro-Negro, o camisa 94 do Vovô se enroscou com o adversário, e os dois caíram no gramado. O árbitro potiguar Zandick Gondim Alves Junior foi chamado por Reway para revisar o lance no monitor do VAR, considerou agressão e deu cartão vermelho.

+ Messias comemora primeiro gol com a camisa do Ceará após classificação para a final do Nordestão

"Amanhã iremos Representar MAIS UMA VEZ contra esse cidadão que está à frente do VAR, que insiste em prejudicar o Ceará. Gaciba, ele não pode em hipótese alguma estar na FINAL", disse o mandatário alvinegro, em postagem no Twitter, dirigindo-se a Leonardo Gaciba, chefe da arbitragem nacional.

 

Com o cartão vermelho, o Gabriel Dias será desfalque diante de Bahia ou Fortaleza, no primeiro duelo da final do Nordestão, no próximo fim de semana. Após a saída de Eduardo para o América-MG, o técnico Guto Ferreira conta com Buiú como opção para o setor, além da possibilidade de improvisar o volante Fabinho e o meia Marlon.