PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Vina termina Série A como maior "garçom" da Série A junto com Arrascaeta e Keno

O meia-atacante do Vovô se despede da Série A do Campeonato Brasileiro dividindo o posto de maior "garçom" da competição

Lucas Mota
00:45 | 26/02/2021
Vina deu nove passes para gols do Ceará na Série A (Foto: Aurélio Alves/O POVO)
Vina deu nove passes para gols do Ceará na Série A (Foto: Aurélio Alves/O POVO)

Vina foi o principal destaque do Ceará na temporada e viveu o melhor ano da carreira. O meia-atacante do Vovô se despede da Série A do Campeonato Brasileiro dividindo o posto de maior "garçom" da competição com Arrascaeta, do Flamengo, e Keno, do Atlético-MG.

O camisa 29 do Alvinegro deu nove assistências em 31 partidas. Ele ainda balançou as redes 13 vezes na competição, terminando como o terceiro atleta com mais participações diretas em gols, com 22, dividindo o posto com Thiago Galhardo, do Internacional, e ficando atrás apenas de Claudinho, do Bragantino, e Marinho, do Santos, ambos com 24.

No elenco do Ceará, Vina foi o protagonista do time em 59 jogos, sendo o jogador que mais vezes entrou em campo. Encerra a temporada como o artilheiro, com 23 gols, e líder de assistências, com 19, do Vovô.

Destaque na jornada do Alvinegro, o meia-atacante liderou o escrete do Porangabuçu na campanha até o bi invicto da Copa do Nordeste. Além de campeão, ele foi artilheiro do torneio, com cinco gols, e líder de assistências, com quatro, e eleito o melhor jogador do Nordestão.

Fundamental na campanha do Ceará na Série A, com vaga conquistada para a Sul-Americana em 2021, Vina ganhou vaga na seleção do Brasileirão. Com os 13 gols marcados, ele se tornou o maior artilheiro do clube na era dos pontos corridos. Na Copa do Brasil, o camisa 29 ajudou a equipe na trajetória até quartas de final.

O atleta renovou o contrato com o Ceará até o fim de 2024. Vovô projeta mais uma grande temporada de Vina para os novos desafios que virão em 2021. O Vovô disputará o Campeonato Cearense, Copa do Nordeste, Copa do Brasil, quarto ano de Série A e Sul-Americana.