PUBLICIDADE
Ceará Sporting Club
NOTÍCIA

Por dívida com ex-empresário, Leandro Carvalho, do Ceará, é suspenso por dois meses

Decisão de câmara da CBF é motivada por dívida de R$ 225 mil ignorada pelo atacante do Alvinegro

17:27 | 18/12/2019
FORTALEZA, CE, BRASIL, 04-12-2019: Leandro Carvalho, atacante do Ceará. Corinthians x Ceará. Série A do Campeonato Brasileiro 2019. Estádio Castelão. (Foto: Júlio Caesar/O Povo)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 04-12-2019: Leandro Carvalho, atacante do Ceará. Corinthians x Ceará. Série A do Campeonato Brasileiro 2019. Estádio Castelão. (Foto: Júlio Caesar/O Povo) (Foto: JÚLIO CAESAR)

O atacante Leandro Carvalho só poderá voltar a atuar daqui a dois meses por causa de uma dívida de R$ 225 mil com seu ex-empresário. O jogador deve perder os quatro primeiros jogos do Ceará na Copa do Nordeste. A punição foi dada pela Câmara Nacional de Resolução de Disputar (CNRD), da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), pelo descumprimento do atleta em relação ao débito com o ex-representante. A informação foi dada com exclusividade pelo UOL e confirmada pelo Esportes O POVO.

+ Ceará é punido no STJD a um jogo de portões fechados e Fortaleza é apenas multado

De acordo com a publicação, caso Leandro quite a dívida e informe a CNRD, a punição deve ser suspensa. A dívida do atacante com o ex-empresário é referente à quebra do contrato de intermediação com o agente, sem justa causa.

Leandro chegou a fazer um acordo com a empresa TMF Agency Marketing Esportivo Ltda, mas depois ignorou as obrigações. Desta forma, foi advertido pela CNRD, câmara criada pela CBF para resolução de conflitos jusdesportivo envolvendo o futebol.

+ Ceará tem interesse em lateral Bruno Pacheco e goleiro Vladimir

Como o atleta do Ceará passou a ignorar as decisões da CNRD, ele acabou suspenso por dois meses. "Significa dizer que, nesse período, além de estar impedido de participar de competições oficiais organizadas pela CBF ou pelas federações a ela filiadas, o atleta também está impedido de celebrar qualquer contrato, ainda que renovação ou prorrogação, a ser registrado perante a DRT", diz texto da decisão da CNRD, na qual o UOL teve acesso.

O Alvinegro do Porangabuçu se pronunciou sobre o caso por meio de nota. "O Ceará Sporting Club cumprirá com qualquer comunicação que venha dos órgãos oficiais, mas não comentará o episódio por se tratar de assunto pessoal do atleta Leandro Carvalho. No mais, adotaremos as medidas cabíveis para resguardar o clube."

Procurada pelo Esportes O POVO, a assessoria do jogador informou que Leandro Carvalho não se pronunciará.