PUBLICIDADE
Cearenses
NOTÍCIA

Ceará é punido no STJD a um jogo de portões fechados e Fortaleza é apenas multado

Pleno do STJD se reuniu nesta quarta-feira e reduziu penas dos clubes cearenses por incidentes no Clássico-Rei de novembro

15:45 | 18/12/2019
PM entrou em conflito com torcida do Ceará no último Clássico-Rei
PM entrou em conflito com torcida do Ceará no último Clássico-Rei (Foto: Fco Fontenele/O POVO)

O Pleno do Superior Tribunal de Justiça Desportiva condenou o Ceará e Fortaleza nesta quarta-feira, 18, pelas confusões no último Clássico-Rei, acontecido em novembro passado. O Alvinegro de Porangabuçu teve a pena reduzida para a perda de um mando de campo e multa de R$ 60 mil, enquanto o Leão do Pici ficou apenas com a multa do mesmo valor.

Com a redução de pena para o Tricolor, o time não se preocupa mais em pagar a pena de jogar uma partida sem o apoio de sua torcida. Já para o Vovô, a pena foi reduzida de dois para um jogo. Em novembro, ambos foram condenados a jogar dois embates a portões fechados, além de pagamentos de multas.

O Ceará deve cumprir essa pena de jogar com portões fechados no seu primeiro jogo pela Copa do Nordeste. A punição deve ser cumprida na partida do dia 26 de janeiro contra o Frei Paulistano.

Os ganchos são advindos do confronto entre as equipes em 10 de novembro, quando houve tumulto nas arquibancadas e quebra de cadeiras da Arena Castelão. As equipes haviam sido punidas com dois jogos a portões fechados e multa de R$ 20 mil. O Fortaleza ainda havia sido multado em R$ 2 mil por atrasar o reinício da partida e o Ceará em R$ 1 mil por não entregar a relação de atletas dentro do horário permitido.