Participamos do

Agente funerário é demitido após tirar foto ao lado do corpo de Maradona

O registro, que provocou revolta, circulou nas redes sociais e mostra o homem tocando no rosto do craque
18:48 | Nov. 26, 2020
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Caixão de Diego Maradona, na Casa Rosada, onde corpo foi velado
Caixão de Diego Maradona, na Casa Rosada, onde corpo foi velado (Foto: Presidência da Argentina/AFP)

Funcionário da funerária que preparou o corpo do ex-jogador Diego Maradona para ser velado, cerimônia que ocorreu nesta quinta feira, 26, em Buenos Aires, Argentina, foi demitido após tirar uma foto ao lado do caixão. O registro circulou nas redes sociais e mostra o homem tocando no rosto do craque.

Segundo o diário Lance, o agente funerário foi identificado como Diego Molina. No momento em que preparava o corpo do ídolo argentino para ser velado, Molina retirou o celular e posou para um último registro ao lado de Maradona, tocando em seu rosto e fazendo sinal de positivo com uma das mãos. Outros funcionários também tiraram fotos com o corpo.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A imagem ganhou repercussão e revoltou o advogado e amigo de Maradona, Matias Morla, que usou suas redes sociais para chamar o funcionário de "canalha" e exigir que ele fosse responsabilizado por isso."Pela memória do meu amigo, eu não vou descansar até que ele pague por semelhante aberração", afirmou.

Os responsáveis pela funerária onde o fato aconteceu tiveram conhecimento da imagem e decidiram punir o funcionário pelo registro. Usando o espaço de uma emissora local, a empresa pediu desculpas a todos os amigos e familiares de Maradona, afirmando em seguida que o funcionário foi demitido.

A imprensa argentina concordou em não divulgar a foto, em respeito à família do craque.

A morte de Maradona

Diego Maradona morreu por volta do meio-dia dessa quarta-feira, 25, vítima de uma parada cardíaca. No momento em que o fato aconteceu ele estava em sua residência, localizada em Tigres, Argentina, e repousava de uma cirurgia na cabeça, que havia feito no inicio deste mês para a retirada de um coágulo no cérebro. 

O falecimento do craque argentino fez com que o governo do país decretasse luto por três dias. Além disso, celebridades e autoridades do mundo inteiro se manifestaram nas redes sociais, lamentando o fato e homenageando o legado que Maradona deixou ao futebol.

O velório do ex-atleta acontece nesta quinta na Casa Rosada, e deve durar até o próximo sábado, 28. Ele será enterrado em um cemitério localizado na periferia de Buenos Aires, o mesmo onde seus pais estão enterrados.

Mais sobre Maradona:

Maradona morre no dia em que o falecimento de Fidel Castro, seu amigo e ídolo, completou 4 anos

Nápoles chora a morte de Maradona, o "rei" da cidade italiana

Luto por Maradona: veja as reações pela morte do ídolo argentino

Iarley lembra quando deu camisa do Boca a Maradona: "A gente se motivava para dar alegria a ele"

Times cearenses lamentam a morte de Maradona; "Futebol está de luto"

"Hoje para mim o futebol morreu", diz Hugo, irmão de Diego Maradona

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags