Participamos do

Parte da negociação do PSG com Messi foi paga em criptomoedas; entenda

Messi recebeu "fan tokens", um tipo de criptomoeda que dá ao seu detentor a possibilidade de votar em certas decisões relacionadas ao time. Ações similares foram lançadas pelo Manchester City e pelo Milan ainda neste ano
20:44 | Ago. 13, 2021
Autor Mateus Brisa
Foto do autor
Mateus Brisa Estagiário
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A contratação do atacante Lionel Messi por parte do time francês Paris Saint-Germain (PSG) envolveu criptomoedas. Como parte do pagamento das “luvas” pela assinatura do contrato, o argentino recebeu “$PSG fan tokens”. A informação foi divulgada pelo PSG nessa quinta-feira, 12, mesmo dia do primeiro treino do jogador na nova escalação e do aniversário de 51 anos da fundação do time.

O PSG não definiu o percentual do valor pago em criptomoedas, nem a quantia total assinada pelo clube para contratar o jogador. “O furor em torno das últimas contratações na movimentada janela de transferência de verão do clube criou um enorme aumento de interesse em ‘$PSG Fan Tokens’, com volumes de negociação superiores a US$ 1,2 bilhão nos dias anteriores à chegada de Messi”, afirmou o clube.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Fan token

Fan token é um tipo de criptomoeda que dá ao seu detentor a possibilidade de votar em certas decisões relacionadas ao time, como escolher detalhes e características do vestiário dos jogadores e enviá-los mensagens motivacionais. Os fan tokens podem ser negociados em bolsa e variam de preço, tal qual o “bitcoin” e outras moedas digitais.

Ações similares foram lançadas pelo Manchester City e pelo Milan ainda neste ano. “Essa iniciativa posiciona ainda mais o Paris Saint-Germain como uma das marcas esportivas mais inovadoras e vanguardistas do mundo”, acrescentou o clube, em nota enviada ao portal Globo Esporte. Cerca de 20 milhões de tokens foram emitidos pelo PSG desde janeiro deste ano.

Messi no PSG

Messi assinou contrato com o time até 2023 e tem a opção de estender o acordo por mais uma temporada. Seu salário líquido anual será de cerca de 35 milhões de euros. O site The Athletic afirmou que o PSG também pagará 25 milhões de euros em luvas. A repercussão em torno da chegada do argentino movimentou cerca de US$ 1,2 bilhão (equivalente a R$ 6,24 bilhões) em fan tokens do PSG nos últimos dias, divulgou o clube.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags