Participamos do

No Limite: Matheus Pires relata episódio de gordofobia na infância

Após a repercussão do desabafo, internautas questionaram se o relato era verdadeiro, já que o participante havia dito que iria criar um personagem, mas seu marido confirmou a versão

Natural do Rio de Janeiro, Matheus Pires tem 30 anos, é diretor pedagógico e um dos participantes do "No Limite". Em conversa com os colegas da Tribo Sol, ele revelou que sofreu gordofobia durante a infância e adolescência. Isso fez com que ele se sentisse inseguro com o próprio corpo e fizesse diversos procedimentos estéticos.

"Eu tive uma infância muito gordofóbica, fui uma criança muito gorda e meus pais eram muito gordofóbicos comigo. Eles diziam que eu tinha pouco amigo porque eu era gordo", desabafou. "Quando comecei a ganhar dinheiro e comecei a fazer muitos procedimentos estéticos, muitos. Eu tinha o sonho de colocar prótese no peito, coloquei, arrasei, não colocava blusa para nada. Depois de seis semanas, uma prótese acordou muito inchada, tive que tirar. Se eu já me achava feio antes, imagina agora com um peito?", disse.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Quando eu tirei a prótese, passou um mês de recuperação, fiquei bem, eu falei: 'Cara, eu estou muito bonito do jeito que eu sou. Com peito, sem peito e tudo mais'. A gente tem que amar se amar, os nossos corpos. A vaidade é importante, mas a gente não pode se mutilar, se machucar para chegar em um ideal que é muito mais dos outros do que nosso", afirmou.

Internautas chegaram a se questionar se a história era verdadeira, já que ao entrar no programa, Matheus afirmou que iria criar um personagem e contar mentiras para confundir os outros participantes. No entanto, o marido do pedagogo, Felipe, confirmou a história ao Gshow. "Isso sempre foi um problema desde quando ele era pequeno. Então existem diversos traumas com relação a isso. E aí quando ele começou a alcançar posições, a conquistar o espaço dele profissional, ele passou a fazer uma série de procedimentos para não ter mais isso", afirmou.

Felipe mostrou estar orgulhoso com a coragem do marido de expor suas fragilidades. "A mudança não tá no físico do corpo, a mudança tá na cabeça. A ideia é você mudar a cabeça. Quando a cabeça tá bem, você consegue transformar isso para o resto do corpo", declarou. "Matheus é muito vaidoso, ele fez diversos procedimentos, mas o que mais trouxe calma para a vida dele, acalento, foi tratar esses traumas na terapia", pontuou.

Confira o relato de Matheus:

Podcast Vida&Arte
O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar