Participamos do

BBB 22: a pedido de Tadeu, Linn reforça seu pronome feminino: "Ela"

Segunda participante travesti da história do reality show, Linn da Quebrada reforçou seu pronome feminino ao vivo no BBB 22 nesse domingo, 23. Internautas têm reagido positivamente à abordagem do assunto; veja mais
11:35 | Jan. 24, 2022
Autor Mateus Brisa
Foto do autor
Mateus Brisa Estagiário
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Segunda participante travesti da história do Big Brother Brasil, Linn da Quebrada teve um momento para reforçar seu pronome feminino durante o ao vivo do BBB 22 desse domingo, 23. No dia anterior, ela recebeu um torpedo anônimo perguntando se estava “solteiro”, com tratamento masculino — e não foi a primeira situação do tipo desde sua chegada na casa. Tadeu Schmidt, apresentador do programa, perguntou à sister o motivo de ter o pronome “ela” tatuado na testa.

“Eu fiz essa tatuagem por causa da minha mãe. Pois no começo da minha transição, ela ainda errava e me tratava no pronome masculino. E tatuei na testa para ela não errar”, explicou a cantora e atriz. “Acho que também é uma indicação para as outras pessoas. Na dúvida, leiam, pois quero ser tratada pelo pronome feminino”, complementou. Além de Laís, autora do torpedo anônimo, Eslovênia e Pedro Scooby foram outros participantes que usaram o pronome masculino para se referir a Linn.

Clique aqui para assistir à explicação de Linn ou reproduza o player abaixo:

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

BBB 22: Brunna diz que ‘doeu ouvir’ explicação de Linn

Após o momento ao vivo do reality, Brunna Gonçalves comentou a explicação de Linn sobre sua tatuagem. “Ela é super de boa. Não me lembro se falei algo ou não. Mas me doeu ouvir”, relatou a sister, que estava acompanhada de Eslovênia e Jade Picon. “É um mau costume que tem que quebrar”, complementou Eslovênia.

Em conversa privada com Bárbara, o paulista Rodrigo elogiou Linn ao relembrar conversa que teve com ela após usar um termo pejorativo para se referir às travestis. “Ela tinha tudo para ser uma daquelas mulheres chatas, [cheia de] mimimi, mas ela é tão leve que a leveza dela te deixa constrangido”, relatou ele a Bárbara.

BBB 22: internautas repercutem abordagem de transfobia no programa

“Muito importante você ensinar isso, Lina, para os moradores da casa e para o Brasil inteiro. Para que erros não sejam mais cometidos. Muito obrigado”, respondeu Tadeu após a explicação de Linn. A abordagem do apresentador tem sido elogiada por internautas, principalmente porque Tadeu concedeu à Linn o espaço para comentar o assunto, diferente de como fez, por exemplo, Tiago Leifert em 2021 quando o ex-participante João Luiz desabafou sobre racismo sofrido.

Confira tweets sobre a explicação de Linn e a abordagem de Tadeu

BBB 22: equipe de Linn publica nota oficial

Antes da explicação de Linn durante o programa ao vivo, a equipe da cantora, que é composta inteiramente por travestis, publicou uma nota oficial sobre os episódios de transfobia ocorridos no reality show. “Essa violência é recorrente, tanto que o Brasil se manteve pelo 13º ano como o país que mais mata travestis e transsexuais. Pela primeira vez, grande parte do País está visualizando algumas das muitas violências às quais pessoas trans e travestis são submetidas diariamente”.

“No Brasil, corpos e identidades como o dela são portadores de humanidade negociáveis, e isto precisa mudar! Não é por acaso, que todo o nosso trabalho caminha em prol de criarmos novas possibilidades de sermos e estarmos no mundo”, acrescentou a equipe da cantora. Confira abaixo o pronunciamento na íntegra:


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags