Participamos do

Karina Bacchi diz que deixou de atuar para não cometer adultério: "Deus não se agrada"

Além da questão sobre infidelidade na Bíblia, ela também expôs outro motivo que foi decisivo para não continuar nas telas
11:39 | Dez. 23, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A influencer Karina Bacchi revelou que, após sua conversão, abandonou de forma definitiva os trabalhos de atuação por acreditar que atrizes casadas cometem adultério ao se relacionarem com outros atores, mesmo que na ficção. 

A declaração foi feita em um dos episódios de seu podcast, "Positivamente", disponível no Youtube. Karina é casada com o ex-jogador de futebol Amaury Nunes, com quem tem um filho, Enrico, de 3 anos.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Em conversa com o pastor Rodrigo Silva, a atriz afirmou que não se sentia mais à vontade de continuar na profissão de atriz.

"Na Bíblia, a gente vê que Deus não se agrada do adultério. Uma atriz casada que vai interpretar uma cena na qual ela vai ter que beijar, abraçar... Aquilo não é considerado adultério? Acho que estaria sendo contra o que a Bíblia diz", explicou.

O pastor convidado para participar do episódio, concordou com a declaração de Karina e disse que se fosse ator, não beijaria outra mulher em cena.

Além da questão envolvendo a sua interpretação sobre infidelidade na Bíblia, ela também expôs outro motivo que foi decisivo para não continuar nas telas.

"Eu deixei a minha carreira por conta não só da Bíblia, mas também porque eu não me sentia à vontade em estar atuando, mesmo sabendo que aquilo não era eu, era um personagem", afirmou Bacchi.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags