PUBLICIDADE
NOTÍCIA

K-Pop: entenda como são formados os grupos musicais

Para compreender um pouco como funciona essa "fábrica de ídolos" sul-coreana, O POVO Online fez um breve resumo explicando esse processo. Especial K-Pop começou ontem

18:56 | 29/05/2019
Nesta quarta, 29, Especial K-Pop do O POVO Online traz material explicando como são formados os grupos musicais.
Nesta quarta, 29, Especial K-Pop do O POVO Online traz material explicando como são formados os grupos musicais.(Foto: Divulgação/YG Entertainment)

Você está na parte 2 do especial sobre K-Pop

 

>> Entenda o fenômeno que está tomando conta do cenário musical (parte 1)

>> Além de BTS: outros 10 grupos que você precisa conhecer (parte 3)

>> 10 músicas mais famosas do gênero que você precisa ouvir

Originado na Coreia do Sul nos anos 90, em meio à crise que afligia os Tigres Asiáticos, o "K-Pop", ou pop coreano, está atualmente entre os gêneros musicais mais populares do mundo. Com músicas cativantes e coreografias bem trabalhadas, o estilo tomou conta da cabeça dos jovens.

Mas se engana quem acha que o "K-Pop" é apenas uma música para adolescentes cantada por um grupo de jovens. Antes da criação de qualquer banda, os "idols", ou ídolos, como são chamados as estrelas desse fenômeno, passam por processos seletivos duros e enfrentam anos de treinamento pesado até estarem prontos para debutar no mercado.

Para compreender um pouco como funciona essa "fábrica de ídolos" sul-coreana, O POVO Online fez um breve resumo explicando esse processo.

Recrutamento do K-Pop

Grande parte dos jovens sul-coreanos sonha com o dia que se tornarão ídolos, mas poucos deles conseguem atingir esse objetivo. Diferente do que é visto no mercado ocidental, as empresas responsáveis por administrar esses artistas realizam audições onde os aspirantes a ídolos mostram seu talento, seja em dança, canto ou atuação.

Caso sejam selecionados, e isso vai depender do que cada empresa procura, eles são recrutados e iniciam um processo árduo de treinamento por tempo indeterminado. A partir do momento que isso acontece, esses jovens passam a ser chamados de "trainees".

Muitos "idols" passam anos treinando antes de debutarem e alguns "trainees" nem mesmo chegam a estrear em um grupo. Isso acontece, na maioria das vezes, porque alguns ultrapassam o limite de idade e outros acabam desistindo na metade do caminho.

A maioria também não aguenta o peso que ser "idol" traz. Nesse mercado, os jovens ficam presos a uma série de regras impostas tanto pela empresa quanto pelos seus fãs e sociedade. Isso vai desde a estética, onde as meninas precisam ser fofas, magras e delicadas, e até mesmo na privação de ter vida amorosa.

Além disso, alguns "trainees", antes mesmo de debutar, conseguem experimentar um pouco da vida de "idol". A SM Entertaiment, considerada uma das maiores empresas do ramo, por exemplo, chegou a iniciar um projeto chamado de "SMRookies", onde esses jovens gravam músicas e videoclipes, participam de programas e até mesmo realizam shows. Grande parte deles, inclusive, chegou a debutar no último grupo masculino da empresa, o NCT.

Reality Shows do K-Pop

Outra forma que faz os "trainees" ficarem famosos é através de reality shows. Um dos mais famosos é o "Produce 101", produzido pelas emissoras Mnet e CCJ E&M. A primeira edição do programa formou um grupo temporário de 11 meninas, chamado I.O.I. O sucesso foi tão grande que até mesmo as outras participantes eliminadas debutaram em outros grupos e outras se lançaram como artistas solo.

Já a segunda temporada do Produce 101 formou outro grupo temporário, mas dessa vez apenas com meninos, também composto por 11 membros. 

Outro reality show bastante conhecido entre os coreanos foi o "WIN: Who is Next?", criado pela YG Entertainment, responsável por administrar grupos como 2NE1, Big Bang e Blackpink. No programa, exibido semanalmente, os "trainees" da empresa, divididos em dois grupos, competiam entre si por uma chance de debutar no mercado. 

Como resultado, o grupo vencedor estreou na empresa com o nome de "Winner". Já os eliminados, anos depois, debutaram sob o nome de "iKON", também por meio de um outro reality promovido pela YG, chamado de "Mix & Match".

Formação dos grupos de K-Pop

Nesse momento tão esperado, o "trainee" já enfrentou todos os obstáculos e está pronto para debutar em um grupo. Em média, cinco jovens são escolhidos, mas isso não é regra. Existem grupos, por exemplo, em que a quantidade de membros chega a mais de 20, como é o caso do NCT.

Cada um passa a ter uma função. Existe o líder, que geralmente é o mais velho, rapper, vocalista, dançarino, visual, que é o mais bonito, e a face, ou o mais popular. Eles também podem desempenhar mais de uma função, dependendo de suas habilidades.

No BTS, por exemplo, RM é o líder e rapper principal e Jin, o mais velho, é vocalista e visual. Suga é rapper líder, enquanto J-Hope é dançarino principal, rapper e vocalista. Já Jimin desempenha a função de vocalista líder e também de dançarino principal e V é dançarino líder, visual e vocalista. Por último, o mais novo, Jungkook é vocalista principal, dançarino líder e face.

No grupo Seventeen, que consiste de 13 membros, essa divisão pode parecer ainda mais complexa. Quatro membros formam o time de rappers e outros quatro o time dos dançarinos, enquanto os cinco restantes integram a equipe dos vocalistas. Além disso, cada time possui um líder, além do líder de todo grupo. Juntos, eles formam o time dos líderes.

Especial K-Pop

Especial K-Pop do O POVO Online dessa terça-feira, 28, abordou o surgimento do gênero e explicou o sucesso do estilo por todo o mundo.

Nesta quinta, 30, O POVO Online traz 10 grupos, além do BTS, que você precisa conhecer.

Lia Bruno