Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

Covid-19: pelo menos 11 capitais flexibilizaram uso de máscaras

No Ceará, o uso do equipamento de proteção segue obrigatório. Em Rio de Janeiro (RJ) e Natal (RN), liberação já foi ampliada para dispensa de obrigatoriedade até em ambientes fechados

A redução de casos e internações por Covid-19, após o surto de contaminações pela variante Ômicron entre janeiro e fevereiro, leva estados brasileiros a retirar a obrigação de uso de máscara de proteção contra o coronavírus. O avanço da vacinação é outro fator apontado pelos gestores em suas decisões.

Levantamento feito pelo O POVO aponta que pelo menos nove capitais já liberaram a circulação sem uso de máscaras em locais abertos e outras duas têm data de flexibilização marcada para a próxima semana. Até o momento, apenas Rio de Janeiro (RJ) e Natal (RN) ampliaram a liberação também para ambientes fechados.

 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

No Ceará, a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) afirma, em nota, "que qualquer decisão relacionada a pandemia, como a flexibilização do uso de máscaras, é tomada nas reuniões do Comitê Estadual de Enfrentamento à Covid-19, com base em critérios técnicos e científicos". O Comitê se reúne todas as sextas-feiras para avaliar os dados da pandemia no Estado e deliberar sobre as medidas necessárias. Conforme o decreto mais recente, o Ceará mantém obrigatório o uso de máscaras em locais abertos e fechados. 

Veja onde o uso de máscaras foi liberado

Locais abertos e fechados

Rio de Janeiro (RJ): decreto publicado na última segunda-feira, 7, desobriga o uso de máscaras faciais em todos os ambientes da capital fluminense, inclusive os fechados. Em outubro do ano passado, o uso em áreas ao ar livre já havia sido liberado

Natal (RN): conforme decreto publicado nessa quarta-feira, 9, o uso de máscaras passa a ser facultativo na capital potiguar. A medida vale para locais abertos e fechados. A determinação do executivo municipal indica que existe a possibilidade de revisão da norma a qualquer tempo, de acordo com as taxas e índices de transmissibilidade da Covid-19

Ambientes ao ar livre

> Em vigor

Belo Horizonte (MG): desde o dia 4 de março, as máscaras não precisam ser utilizadas em ambientes abertos. O uso continua obrigatório em locais fechados e regras específicas, estabelecidas em protocolos setoriais, podem estabelecer exigências para uso de máscara em determinadas atividades, inclusive ao ar livre

Boa Vista (RR): a flexibilização começou na terça-feira, 8. No dia 19 deste mês, o Comitê de Combate à Covid-19 voltará a se reunir para definir sobre a liberação do uso de máscara em locais fechados, levando em consideração o cenário epidemiológico e o avanço da vacinação no município

Brasília (DF): desde o dia 4 de março, o equipamento de proteção deixou de ser obrigatório ao ar livre. O decreto determina a obrigatoriedade da utilização de máscaras de proteção facial em todos os espaços públicos fechados, transporte público coletivo, estabelecimentos comerciais, industriais e de serviços e nas áreas de uso comum dos condomínios residenciais e comerciais. O governador Ibaneis Rocha acrescentou que analisará na próxima semana o fim da obrigatoriedade em ambientes fechados

Cuiabá (MT): desde de novembro de 2021, as máscaras são facultativas em ambientes públicos

Macapá (AP): desde segunda-feira, 7, a proteção contra a Covid-19 é obrigatória somente em ambientes fechados da capital. A decisão vale até 21 de março, quando a situação será reavaliada

São Luís (MA): na capital maranhense, o uso das máscaras está liberado em locais abertos desde novembro de 2021

São Paulo (SP): a capital paulista segue determinação adotada nessa quarta-feira, 9, para todo o estado. O uso é facultativo em áreas abertas e segue obrigatório em lugares fechados. Caso os números da pandemia sigam em queda, a flexibilização completa pode acontecer no dia 23 de março 

> Início na próxima semana

Manaus (AM): segundo o prefeito de Manaus, David Almeida, não será mais obrigatório o uso de máscaras em locais abertos a partir do dia 16 de março

Teresina (PI): cronograma determinado na segunda-feira, 7, define que a partir de 14 de março será revogada a obrigatoriedade do uso de máscaras em espaços públicos abertos, exceto em espaços que geram aglomerações, como shows, espetáculos e arquibancadas. Se casos, internações e óbitos por Covid-19 continuem em queda, a partir de 28 de março será revogada a obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes fechados, como escolas, academias e estabelecimentos comerciais 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar