Participamos do

Ceará deve aderir ao passaporte da vacina "em breve", diz secretária

Ainda não há prazo para a implantação da medida. Governo do Estado está discutindo como a exigência da imunização contra a Covid-19 para acesso a eventos e serviços será realizada no Ceará
18:43 | Out. 06, 2021
Autor Ana Rute Ramires
Foto do autor
Ana Rute Ramires Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Com o avanço da liberação das atividades econômicas e sociais no Ceará, a exigência da imunização contra a Covid-19 para o acesso a serviços e eventos está sendo discutida pelo Governo do Estado. O plano está sendo preparado e deve ser apresentado "muito em breve", adiantou Ricristhi Gonçalves, secretária executiva de Vigilância e Regulação da Secretaria Estadual da Saúde (Sesa).

As regras de implementação ainda estão sendo definidos para lançamento à população. "A proposta do passaporte de vacinação é ajudar, auxiliar as pessoas a obterem esse certificado de forma mais fácil para que a gente consiga, nos eventos, ter um certificado digital disponível das pessoas que estão completamente vacinadas", detalhou a secretária.

"Existe uma perspectiva para muito em breve a gente lançar o passaporte da vacina. Isso será colocado pelo Governo do Estado. Está sendo discutido há algum tempo. Estamos preparando esse passaporte da vacina e muito em breve a gente pode tá lançando", prospectou Ricristhi na tarde desta quarta-feira, 6.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Há cerca de um mês, o Governador do Estado, Camilo Santana (PT) afirmou posicionamento favorável à adoção da medida. No Estado, o passaporte deve incluir não apenas eventos, mas também o acesso a serviços, declarou o gestor após reunião semanal do Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia de Covid-19, na qual o tema foi discutido.

"Esperamos nas próximas reuniões do Comitê aprovar essa implementação, porque não podemos ter nenhum tipo de retrocesso no processo de retomada econômica e no combate a Covid-19", frisou Camilo em 10 de setembro.

O passaporte da vacina funciona como um comprovante individual, que informa se a pessoa está ou não imunizada contra a doença. Boletim do Observatório Covid-19 da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), divulgado na últimasexta-feira, 1º, indica a adoção do passaporte vacinal para estimular a adesão à imunização.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags