Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Adolescentes de 12 anos começam a ser vacinados nesta terça em Fortaleza

A Prefeitura de Fortaleza espera atender 11.928 agendados para D1 e D2
17:54 | Set. 06, 2021
Autor Ana Rute Ramires
Foto do autor
Ana Rute Ramires Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A partir desta terça-feira, 7, a Prefeitura de Fortaleza começa a vacinar adolescentes de 12 anos. Os jovens nascidos até novembro de 2008 poderão receber a primeira dose (D1) contra a Covid-19. Além disso, também será realizado o atendimento da segunda dose (D2), no qual nascidos a partir de janeiro de 1978 receberão o complemento da imunização. 

A Prefeitura de Fortaleza espera atender 11.990 agendados. São 9.832 contemplados com a D1, além de 2.096 para a D2.

Até a manhã de sábado, 4, 102.647 adolescentes receberam a primeira dose contra a Covid-19 na Capital, segundo balanço publicado pelo prefeito José Sarto (PDT). A Prefeitura já disponibilizou as listas de agendamento com os nomes dos contemplados a cada dia até a próxima sexta-feira, 10.

É possível conferir o próprio agendamento, individualmente, por meio da plataforma Vacine Já ou pelo site da Prefeitura de Fortaleza específico sobre Coronavírus

>> Confira lista da população agendada (D1) para terça (07/09)

>> Confira lista da população agendada (D2) para terça (07/09)

Até sexta-feira, 3, 895.115 fortalezenses completaram o esquema vacinal contra a Covid-19, por meio da aplicação de duas doses ou com o imunizante de dose única, e garantiram uma maior proteção da doença. Com pelo menos uma das doses, o total de vacinados é de cerca de 1,8 milhões de pessoas. As informações foram divulgadas no Vacinômetro da Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

LEIA TAMBÉM | O que fazer se perdi agendamento de primeira ou segunda dose em Fortaleza?

Repescagem da vacina contra a Covid-19: tira-dúvidas

O que levar para a vacinação

No ato da vacinação será necessário, obrigatoriamente, apresentar documento de identidade original com foto, Cartão Nacional de Saúde (CNS) ou CPF e comprovante de endereço no município de Fortaleza, pois serão contemplados apenas residentes da Capital.

Como saber se estou agendado? 

1) Para os fortalezenses, é possível consultar as listas diárias de vacinação publicadas no site Coronavírus Fortaleza e também conferir o cadastro pelo site Vacine Já (vacineja.sepog.fortaleza.ce.gov.br/);

2) No site Vacine Já, digite seu CPF, sua data de nascimento e o código solicitado. A seguir, clique em "Consultar". O sistema vai mostrar seus dados cadastrados e, se o agendamento estiver disponível, vai indicar seu horário e local de vacinação;



3) Quem não reside em Fortaleza deve lembrar que cada município possui uma logística própria de agendamento na vacinação da Covid-19 a partir dos dados do Saúde Digital. Por isso, é importante buscar os canais de comunicação da secretaria municipal de saúde da sua cidade e acompanhar como está o calendário de vacinação onde você mora. Confira no portal da Associação dos Municípios do Estado do Ceará (Aprece) os sites de cada prefeitura do Ceará.

Como fazer o cadastro no Saúde Digital? 

No Ceará, é preciso realizar o cadastro na plataforma Saúde Digital para a vacinação contra a Covid-19. O POVO explica como fazer o cadastro na plataforma.

1) Para se cadastrar, é preciso acessar o site Saúde Digital (vacinacaocovid.saude.ce.gov.br/) e clicar em "Ainda não tenho cadastro";


Cadastro de vacinação no Ceará contra Covid-19.
Cadastro de vacinação no Ceará contra Covid-19. (Foto: Reprodução/Site Saúde Digital)


2) Serão solicitadas informações básicas, como país de origem, CPF, nome completo, data de nascimento, nome da mãe, telefone para contato, sexo, raça/cor e informações profissionais. O fornecimento do Cartão Nacional de Saúde (CNS) é opcional;


Para se cadastrar, é necessário preencher os campos com dados pessoais.
Para se cadastrar, é necessário preencher os campos com dados pessoais. (Foto: Reprodução/ Saúde Digital)


3) A próxima fase pede dados de saúde para identificar se a pessoa faz parte de grupos prioritários. Também é questionado se você teve Covid-19 recentemente;


Na segunda etapa, são perguntadas informações sobre a classificação da pessoa em grupos prioritários.
Na segunda etapa, são perguntadas informações sobre a classificação da pessoa em grupos prioritários. (Foto: Reprodução/ Saúde Digital)


4) A última etapa do processo pede o endereço de residência da pessoa, que servirá de base para o agendamento no município de aplicação da vacina;


Na tela seguinte, é necessário fornecer dados sobre o endereço de residência.
Na tela seguinte, é necessário fornecer dados sobre o endereço de residência. (Foto: Reprodução/ Saúde Digital)


5) Após o preenchimento de todos os dados, será aberta uma página para a confirmação de todos os dados. Nela, a pessoa deve criar uma senha de acesso e informar um e-mail;

6) A Secretaria da Saúde enviará um link de confirmação do cadastro para o e-mail fornecido.

LEIA MAISPasso a passo: como se cadastrar para a vacinação contra a Covid-19 no Ceará

O que fazer se o e-mail de confirmação do cadastro não chegar?

Primeiro, confira todas as caixas do seu e-mail, como "spam" e "lixeira". Caso não encontre a mensagem, a Sesa disponibiliza o telefone gratuito 0800 275 1475 para questionamentos sobre o Cadastro Estadual de Vacinação. No site da Sesa e do Governo do Ceará, está disponível também o assistente virtual "Plantão Coronavírus".

Caso a dúvida seja relacionada à imunização em Fortaleza, a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) disponibiliza o número 156.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Com 24.065 mortos, Ceará acumula mais de 933 mil casos de Covid-19

Coronavírus
16:12 | Set. 06, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Desde o início da pandemia, Ceará já registrou 933.490 casos confirmados da Covid-19. Desse total, 24.065 pessoas foram a óbito vítimas da infecção. Os dados são do IntegraSUS, plataforma de transparência da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa), consolidados às 9h07min desta segunda-feira, 6. 

Nas últimas 24 horas, a plataforma não registrou óbito causado pelo Sars-Cov-2, o coronavírus causador da Covid-19. Devido ao atraso que ocorre para que mortes mais recentes entrem no sistema, vítimas da Covid-19 que faleceram podem ser registradas posteriormente.

No Estado, há 657.595 pessoas recuperadas da doença e 30.567 com suspeita de infecção. A taxa de letalidade — proporção de mortes entre os casos confirmados — é de 2,6%. Foram realizados 2.615.584 exames para detecção do coronavírus no Ceará.

Covid-19: números do Ceará

933.490 casos confirmados
24.065 óbitos
2,6% de taxa de letalidade
2.615.584 exames
657.595 pessoas recuperadas
Nenhum óbito confirmado nas últimas 24 horas

Taxa de letalidade

Há uma diferença entre taxa de mortalidade e de letalidade de uma doença. A taxa de mortalidade se refere à quantidade de pessoas que morreram por uma doença em relação à população total de um lugar — seja uma cidade, estado, país, ou até mesmo o mundo inteiro. Já a taxa de letalidade se refere à quantidade de pessoas que morreram por uma doença em relação à quantidade de infectados por ela.

Campanha de vacinação

Na campanha de vacinação contra a Covid-19 no Estado, todos os municípios cearenses já começaram a vacinar a população em geral. A nova etapa da campanha acontece de forma escalonada por ordem decrescente de idade, a partir dos 59 anos. Para receber a vacina, as pessoas devem estar devidamente cadastradas na plataforma Saúde Digital, da Sesa.

Além do público em geral, as pessoas incluídas nos grupos prioritários das fases 1, 2, 3 e 4, do PNI, estão recebendo os imunizantes contra o coronavírus em paralelo. Dentre as categorias, estão: trabalhadores da saúde, idosos, indígenas, quilombolas, pessoas com comorbidades, grávidas, puérperas, pessoas portadoras de deficiência, moradores de rua, trabalhadores da educação, profissionais do transporte coletivo rodoviário, metroviário, aéreo, aquaviário, portuários entre outros.

Evolução do coronavírus no Ceará

Casos de coronavírus no Ceará em 2 de setembro (2/9)

Casos de coronavírus no Ceará em 1º de setembro (1º/9)

Casos de coronavírus no Ceará em 29 de agosto (29/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 26 de agosto (26/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 25 de agosto (25/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 24 de agosto (24/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 23 de agosto (23/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 22 de agosto (22/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 21 de agosto (21/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 20 de agosto (20/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 19 de agosto (19/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 18 de agosto (18/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 16 de agosto (16/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 15 de agosto (15/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 14 de agosto (14/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 13 de agosto (13/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 11 de agosto (11/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 10 de agosto (10/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 9 de agosto (09/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 8 de agosto (08/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 7 de agosto (07/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 6 de agosto (06/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 5 de agosto (05/8) 

Não houve atualização da plataforma IntegraSUS em 4 de julho (04/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 3 de agosto (02/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 2 de agosto (02/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 31 de julho (31/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 30 de julho (30/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 29 de julho (29/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 28 de julho (28/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 27 de julho (27/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 26 de julho (26/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 24 de julho (24/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 23 de julho (23/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 22 de julho (22/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 21 de julho (21/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 20 de julho (20/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 18 de julho (18/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 17 de julho (17/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 16 de julho (16/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 15 de julho (15/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 14 de julho (14/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 11 de julho (11/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 10 de julho (10/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 9 de julho (9/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 8 de julho (8/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 7 de julho (7/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 6 de julho (6/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 5 de julho (5/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 4 de julho (4/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 3 de julho (3/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 2 de julho (2/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 1 de julho (1º/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 30 de junho (30/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 28 de junho (28/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 27 de junho (27/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 26 de junho (26/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 25 de junho (25/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 24 de junho (24/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 23 de junho (23/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 22 de junho (22/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 21 de junho (21/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 20 de junho (20/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 19 de junho (19/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 18 de junho (18/06)

 

Casos de coronavírus no Ceará em 16 de agosto (16/8)

929.670
652.301

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Vacinação em Fortaleza: confira o que fazer se perdeu o agendamento da primeira ou segunda dose

saúde
15:50 | Set. 06, 2021
Autor Júlia Duarte
Foto do autor
Júlia Duarte Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Prefeitura de Fortaleza anunciou em setembro mudanças no esquema de respescagem para quem perdeu primeira (D1) ou segunda dose (D2). Houve uma reorganização dos pontos de vacinação e pessoas de 40 a 59 anos, além de idosos a partir de 60 anos, que ainda não tomaram a D1  contra a Covid-19 deverão buscar centros de vacinação específicos em Fortaleza. Foram divulgados também os locais e pontos específicos para quem perdeu primeira dose de faixas etárias abaixo de 40 anos, que poderão ir sem agendamento nas datas marcadas.

"Não perca oportunidade de tomar sua primeira dose ou de ter seu esquema completo da vacinação, para que você possa ampliar sua proteção contra o coronavírus", reforçou a titular da Secretária de Municipal de Saúde (SMS), Ana Estela.

O que fazer caso tenha perdido o agendamento da vacinação contra Covid-19

 

Confira o agendamento

O público da Capital pode conferir seu agendado por meio das listas diárias publicadas no site da Prefeitura de Fortaleza, por meio do portal coronavírus. Além disso, pode verificar possíveis agendamentos no site Vacine Já, no link

Mais recentemente, o aplicativo Mais Saúde Fortaleza, da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), notifica o agendamento da vacinação contra a Covid-19 na Capital para os usuários cadastrados no Saúde Digital. Com as mensagens no WhatsApp ainda indisponíveis, a ferramenta está disponível para download nos dispositivos Android e iOS.

O POVO também publica as listas em sua plataforma e redes sociais. 

>> Vacinação em Fortaleza: veja lista de agendados de segunda, 6, até sexta, 10/9

Perdeu a primeira dose

Quem tem 60 anos ou mais e ainda não se vacinou contra a Covid-19 deve procurar os postos de saúde, além do Centro de Eventos, Iguatemi e RioMar Kennedy. Já pessoas de 40 a 59 anos devem procurar o Sesi Parangaba, RioMar Fortaleza Papicu e os Cucas. Ambos os grupos podem ir sem agendamento, bastando estar cadastrado no Saúde Digital e ser residente de Fortaleza.

Existe ainda um calendário de repescagem específico para quem tem entre 30 e 39 anos e perdeu a D1. De 9 a 22 de setembro, na data correspondente à idade, basta ir, sem agendamento, aos Cucas, Sesi Parangaba ou RioMar Fortaleza (Papicu). "A gente procurou dividir os centros de vacinação para que evitemos aglomerações e continuemos a logística", ressaltou Ana Estela.

Em paralelo, segue repescagem de 25 a 18 anos, por agendamento de data, local e horário, conforme lista divulgada nas listagens divulgadas pela Prefeitura. 

Confira o calendário da respescagem em Fortaleza:

39 anos: 09/09
38 anos: 10/09
37 anos: 13/09
36 anos: 14/09
35 anos: 15/09
34 anos: 16/09
33 anos: 17/09
32 anos: 20/09
31 anos: 21/09
30 anos: 22/09

Perdeu segunda dose

As pessoas que já tomaram a D1 e perderam sua data da aplicação da D2 podem procurar os pontos definidos para cada tipo de imunizante, sem necessidade de agendamento. A mesma recomendação vale para quem chegou à data limite do cartão de vacinação e não foi chamado.

O Centro de Eventos reúne todos os três imunizantes aplicados no Ceará que precisam de D2: Pfizer, Coronavac e AstraZeneca. Já os Cucas devem ser procurados em casos de D2 de Coronavac e os postos de saúde no caso de AstraZeneca. 

Pontos de vacinação

A campanha contra a Covid-19 em Fortaleza conta com 113 pontos de vacinação. São 100 postos de saúde, três policlínicas, Sesi Parangaba, shoppings (RioMar Papicu, RioMar Kennedy e Iguatemi), além dos quatro Cucas (Barra, Jangurussu, Mondubim e José Walter).

Confira os endereços dos postos de saúde:

- Regional I

Airton Monte (Rua Alberto Oliveira, s/n - Jardim Iracema)
Carlos Ribeiro (Rua Jacinto Matos, 944 – Jacarecanga)
Casemiro Filho (Av. Francisco Sá, 6449 - Barra do Ceará)
Francisco Domingos (Avenida Castelo Branco, 4707 - Barra do Ceará)
Fernando Façanha (Rua Rio Tocantins, s/n - Jardim Iracema)
Floresta (Rua Ten. José Barreira, 251 - Álvaro Weyne)
Guiomar Arruda (Rua General Costa Matos, 06 – Pirambu)
Maria Aparecida (Av. K, 915 - Vila Velha)
Lineu Jucá (Rua Vila Velha, 101 - Barra do Ceará)
Paulo de Melo (Rua Bernardo Porto, 497 - Monte Castelo)
4 Varas (Rua Profeta Isaías, 456 – Barra do Ceará)
Rebouças Macambira (Rua Creuza Rocha, s/n - Jardim Guanabara)
Virgílio Távora (Av. Mons. Hélio Campos, s/n - Cristo Redentor)
Zenirton Pereira (Rua José Roberto Sales, 475 – Barra do Ceará)

- Regional II

Aida Santos e Silva (Rua Trajano de Medeiros, 813 - Vicente Pinzón)
Benedito Arthur de Carvalho (Rua Jaime Leonel, 228 - Luciano Cavalcante)
Flávio Marcílio (Av. Abolição, 416 – Mucuripe)
Frei Tito (Rua José Cláudio Costa Lima, 100 - Praia do Futuro)
Irmã Hercília Aragão (Rua Frei Vidal, 1821 – São João do Tauape)
Miriam Porto Mota (Rua Cel. Jucá, 1636 – Aldeota)
Odorico de Morais (Rua Esperantina, s/n - Cais do Porto)
Pio XII (Rua Belizário Távora, s/n - Pio XII)
Rigoberto Romero (Rua Alameda das Graviolas, 195 - Cidade 2000)

- Regional III

Anastácio Magalhães (Rua Delmiro de Farias, 1679 - Rodolfo Teófilo)
César Cals de Oliveira Filho (Rua Pernambuco, 3172 – Pici)
Clodoaldo Pinto (Rua Banward Bezerra, 100 - Padre Andrade)
Cdfam Profº Gilmário Mourão (Rua Pernambuco, 1674 – Pici)
Eliézer Studart (Rua Tomáz Cavalcante, 546 - Autran Nunes)
Fernandes Távora (Rua Maceió, 1354 - Henrique Jorge)
Francisco Pereira De Almeida (Rua Paraguai, 351 - Bela Vista)
George Benevides (Rua Pio Saraiva, 168 - Quintino Cunha)
Hermínia Leitão (Rua Gen. Couto, 470 - Quintino Cunha)
Humberto Bezerra (Rua Hugo Victor, 51 - Antônio Bezerra)
Lícinio Nunes De Miranda (Rua 06, s/n - Quintino Cunha)
Luís Recamonde Capelo (Rua Maria Quintela, 935 – Bonsucesso)
Mariusa Silva Sousa (Rua Araça, s/n – Bonsucesso)
Meton de Alencar (Rua Perdigão Sampaio, 820 - Antônio Bezerra)
Sobreira de Amorim (Rua Des. Luís Paulino, 190 - Jóquei Clube)
Waldemar Alcântara (Rua Silveira Filho, 903 - Jóquei Clube)

- Regional IV

Abel Pinto (Travessa Goiás, s/n - Demócrito Rocha)
Dom Aloiso Lorscheider (Rua Betel, 1895 – Itaperi)
Francisco Monteiro (Av. Dos Eucaliptos, s/n – Dendê)
Gothardo Peixoto F. Lima (Rua Irmã Bazet, 153 - Damas)
Gutemberg Braun (Rua Monsenhor Agostinho, 505 - Vila Peri)
Jose Valdevino Carvalho (Rua Guará, S/N – Itaoca)
Oliveira Pombo (Rua Rio Grande do Sul, s/n - Couto Fernandes)
Antônio Ciríaco (Rua Gomes Brasil, 555 – Parangaba)
Roberto Bruno (Av. Borges de Melo, 910 – Fátima)
Turbay Barreira (Rua Gonçalo Souto, 420 - Vila União)

- Regional V

Argeu Herbster (Rua Geraldo Barbosa, 1095 - Bom Jardim)
Dom Lustosa (Rua A, s/n - Granja Lisboa)
Edmilson Pinheiro (Av. H, 2191 - Granja Lisboa)
Fernando Diógenes (Rua Teodoro de Castro, s/n - Granja Portugal)
Graciliano Muniz (Rua 106, 345 - Conjunto Esperança)
Guarany Mont'alverne (Rua Geraldo Barbosa, 3230 - Granja Lisboa)
João Pessoa (Rua Rubi, s/n – Jardim Jatobá)
João Elísio Holanda (Rua Juvêncio Sales, s/n – Aracapé)
José Galba de Araújo (Av. Sen. Fernandes Távora, 3161 - Genibaú)
José Paracampos (Rua Alfredo Mamede, 250 – Mondubim)
Jurandir Picanço (Rua Duas Nações, s/n - Granja Portugal)
Luciano Torres de Melo (Rua Delta, 365 - Manoel Sátiro)
Luiza Távora (Travessa São José, 940 – Mondubim)
Maciel de Brito (Av. A, s/n - 1ª etapa Conjunto Ceará)
Parque São José (Rua Des. Frota, s/n - Parque São José)
Pedro Celestino (Rua Gastão Justo, 215 - Maraponga)
Pontes Neto (Rua 541, nº 150 - 2ª etapa Conjunto Ceará)
Regina Maria Severino (Rua Itatiaia, 889 – Canindezinho)
Régis Jucá (Av I, 618 – Mondubim)
Ronaldo Albuquerque (Av I, s/n - Conj. Ceará/Genibaú)
Siqueira (Rua. Eng. Luís Montenegro, 485 – Siqueira)
Viviane Benevides (Rua João Areas, 1296 - Manoel Sátiro)

- Regional VI

Alarico Leite (Av. dos Paroaras 301 – Passaré)
Anísio Teixeira (Rua Guarany, 355 - Pq. Itamaraty)
César Cals de Oliveira (Rua Capitão Aragão, 555 - Alto da Balança)
Edilmar Norões (Rua H, 319 - Parque Dois Irmãos)
Edmar Fujita (Av. Alberto Craveiro, 1480 - Boa Vista)
Evandro Ayres de Moura (Av. Castelo de Castro, s/n - Conj. Palmeiras)
Acrísio Eufrasino de Pinho (Cruzamento das ruas 12 e Palmeiras dos Índios – Pedras)
Escola Municipal Bárbara de Alencar - Uaps Fausto Freire (Av. Isabel Bezerra, 416 - Parque Santa Maria)
Galba de Araújo (Av. Recreio, 1390 – Lagoa Redonda)
Hélio Góes Ferreira (Av. Eng. Leal Limaverde, 453 – Sapiranga)
Jangurussu (Rua Estrada do Itaperi, 146 - Passaré)
Janival de Almeida (Rua Coelho Garcia, 25 – Passaré)
João Hipólito (Rua 03, nº 88 - Dias Macêdo)
José Barros de Alencar (Rua José Nogueira, 180 – Pedras)
Luís Franklin (Rua Alexandre Vieira, s/n - Coaçu)
Manoel Carlos Gouveia (Av. Des. Faustino Albuquerque, 486 - Jardim das Oliveiras)
Maria de Lourdes (Rua Reino Unido, 115 – Jardim das Oliveiras)
Maria Grasiela (Rua Edésio Monteiro, 1450 - Santa Fé)
Marcus Aurélio Rabelo (Rua Iracema, 1100 - Santa Filomena)
Mattos Dourado (Av. Des. Floriano Benevides, 391 - Edson Queiroz)
Melo Jaborandi (Rua 315, nº 80 – Jangurussu)
Messejana (Rua Guilherme Alencar s/n - Messejana)
Monteiro de Moraes (Av. Evilásio Miranda s/n - Sapiranga Coité)
Osmar Viana (Av. Chiquinha Gonzaga, s/n – Jangurussu)
Otoni Cardoso do Vale (Rua José Teixeira Costa, 643 – Paupina)
Pompeu Vasconcelos (Rua 05, s/n, Conj. João Paulo II – Barroso)
Sítio São João (Rua Verde Cinco, 71 – Jangurussu)
Terezinha Parente (Rua Nelson Coelho 209 – Lagoa Redonda)
Waldo Pessoa (Rua Cap. Hugo Bezerra, 75 – Barroso)


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

OAB reage à convocação de advogada de Bolsonaro pela CPI

CPI COVID
15:28 | Set. 06, 2021
Autor Filipe Pereira
Foto do autor
Filipe Pereira Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) avaliou como “inequívoca violação das prerrogativas da advocacia” e “tentativa inaceitável de criminalização da profissão” a convocação da advogada Karina Kufa, defensora do presidente Jair Bolsonaro, a depor na CPI da Covid. A instituição criticou a eventual aprovação para que defensores deponham sobre fatos que eles tiveram conhecimento através do ofício.

Em nota, a Procuradoria Nacional de Defesa das Prerrogativas da OAB escreveu: “Nas situações que existirem advogados exercendo regularmente sua profissão, independente da parte que ele defenda ou da sua posição processual, estará a Ordem dos Advogados do Brasil atuando na preservação de suas garantias profissionais, e reagirá energicamente sempre em defesa dos seus inscritos”

A entidade ressaltou que o sigilo profissional legal do advogado não pode ser “relativizado ou colocado em segundo plano”, pois se configura como uma “garantia em prol do cidadão, para assegurar o estado de direito, bem como para evitar que a defesa se transmude em acusação”.

A convocação de Karina foi aprovada pela comissão e endossada pelo senador e vice-presidente da CPI, Randolfe Rodrigues (REDE). A defesa da advogada se pronunciou a respeito das citações de seu nome, mais cedo, na CPI da Covid. "A convocação da Dra Karina Kufa é uma tentativa de constranger uma advogada em razão dos clientes que defende. Toda a menção que tem sido feita a ela vem acompanhada da qualificação 'advogada do Presidente", disse em nota.

LEIA MAIS l "Fazer churrasco não é crime", reage advogada de Bolsonaro, citada na CPI

Karina teve o nome citado durante depoimento do empresário José Ricardo Santana. Na ocasião, foi levantado que ela teria dado um jantar em que Santana teria conhecido o lobista Marconny Ribeiro. Juntos, Ribeiro e Santana enviaram ao Ministério da Saúde um “passo a passo” de como fraudar licitações.


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Vice-prefeito de Icó Dr. Quilon Peixoto morre vítima de complicações da Covid-19

Política
13:01 | Set. 06, 2021
Autor Vítor Magalhães
Foto do autor
Vítor Magalhães Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Morreu nesta segunda-feira, 6, o vice-prefeito de Icó, Quilon Peixoto Farias, aos 86 anos, vítima de complicações da Covid-19. Internado há 41 dias na Capital, Peixoto apresentou agravamento clínico no último domingo e não resistiu; a prefeita de Icó, Laís Nunes, decretou luto oficial de três dias. A informação foi divulgada nas redes sociais da prefeitura.

Médico formado pela pela Universidade Federal do Ceará (UFC) em 1962, Dr. Quilon fundou o Hospital e Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, por muitos anos o único da cidade. Além disso, ele foi prefeito por dez anos (sendo um mandato de seis e o outro de quatro anos) e vice-prefeito reeleito na atual gestão.

“Neste momento de dor, a Prefeitura de Icó, em nome de cada cidadão icoense, agradece, em memória, pelo grandioso serviço prestado, dedicação e, principalmente, pelo amor empregado em cada gesto. Aos familiares, amigos e todos aqueles que o admiram, todo o nosso respeito e sentimento de pesar. O Dr. Quilon seguirá com Deus!”, escreveu em nota a gestão municipal.

O ex-vice-governador do Ceará Domingos Filho (PSD) lamentou o ocorrido. “É com extremo pesar que recebemos a notícia do falecimento do médico e vice-prefeito de Icó, Dr. Quilon Peixoto. Amigo querido de toda a família, foi responsável por colocar na vida pública vários icoenses e ter feito história no município. A classe política cearense se despede de um grande homem”, disse.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

UE inicia estudo sobre 3ª dose de vacina da Pfizer/BioNTech contra covid-19

INTERNACIONAL
12:47 | Set. 06, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia
A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) informou nesta segunda-feira, 6, que iniciou um estudo para avaliar a aplicação de uma terceira dose da vacina da Pfizer/BioNTech contra covid-19 a ser ministrada seis meses após a segunda dose em pessoas acima de 16 anos.
De acordo com a agência regulatória europeia, será feita uma análises acelerada dos dados apresentados pelas farmacêuticas,incluindo os resultados de um ensaio clínico em curso no qual cerca de 300 adultos com sistemas imunitários saudáveis receberam uma dose de reforço aproximadamente seis meses após a segunda dose.
"O resultado desta avaliação é esperado nas próximas semanas, a menos que sejam necessárias informações adicionais, e será comunicado pela EMA", disse a agência em comunicado.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags