PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Sputnik V no Ceará: Fundo Russo deve divulgar cronograma na próxima semana

O Ceará deve receber 198 mil doses da vacina Sputnik V contra a Covid-19, e a previsão de chegada é para o início de julho, segundo o governador Camilo Santana (PT)

Gabriela Custódio
18:45 | 26/06/2021
Ceará adquiriu 5,87 milhões de doses da vacina da Sputnik V produzida pelo Centro Gamaleya, na Rússia (Foto: Vladimir Gerdo/TASS/ Reuters/Direitos reservados)
Ceará adquiriu 5,87 milhões de doses da vacina da Sputnik V produzida pelo Centro Gamaleya, na Rússia (Foto: Vladimir Gerdo/TASS/ Reuters/Direitos reservados)

O Fundo Soberano Russo, responsável pela venda da vacina Sputnik V, deve divulgar na próxima semana o cronograma de envio do lote aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ao todo, o Ceará deve receber 198 mil doses do imunizante contra a Covid-19. A previsão é de que elas cheguem ao Estado no início de julho, segundo informou o governador Camilo Santana (PT) na última quinta-feira, 24.

Por meio do Consórcio Nordeste, o Ceará adquiriu 5,87 milhões de doses da vacina produzida pelo Centro Gamaleya, na Rússia. Ao todo, o Consórcio contratou 37 milhões de doses, mas, em aprovação excepcional, a Anvisa autorizou a importação de apenas 928 mil delas. A autorização foi dada no dia 4 de junho, com restrições e em quantidade limitada.

A quantidade permitida de doses corresponde ao necessário para vacinação de 1% da população de cada um dos estados que adquiriram o imunizante. Ao Ceará, foi autorizada a importação de 183 mil doses, mas o Governo do Estado apontou o total de 198 mil doses.

Para permitir a importação das doses da Sputnik V, a Anvisa estabeleceu que devem ser importadas apenas vacinas de fábricas inspecionadas pela agência brasileira na Rússia e que cada lote seja obrigatoriamente analisado, comprovando-se a ausência de vírus replicantes e outras características de qualidade. Além disso, eventos adversos graves devem ser notificados em até 24 horas. (Colaborou Mirla Nobre/Especial para O POVO)