PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Janssen suspende envio de 3 milhões de vacinas que chegariam ao Brasil nesta terça

No Ceará, estava previsto a chegada de 120 mil doses para vacinação da população entre 30 e 44 anos, em ordem decrescente

Mirla Nobre
14:27 | 14/06/2021
A vacina é a única disponível que imuniza completamente com apenas uma dose (Foto: DIRK WAEM / BELGA / AFP)
A vacina é a única disponível que imuniza completamente com apenas uma dose (Foto: DIRK WAEM / BELGA / AFP)

A farmacêutica Janssen suspendeu o envio de três milhões de doses da vacina contra a Covid-19 ao Brasil. Os imunizantes estavam previstos para chegar ao País nesta terça-feira, 15. A informação foi confirmada pela assessoria do Ministério da Saúde à BandNews TV nesta segunda-feira, 14. O motivo do cancelamento e o novo prazo para envio dos imunizantes não foram informados. No Ceará, estava prevista a chegada de 120 mil doses para vacinação da população entre 30 e 44 anos, em ordem decrescente.

Fabricada em parceria com a farmacêutica Johnson & Johnson, a vacina é a única que faz a imunização completa contra a Covid-19 com apenas uma dose. Conforme o Ministério da Saúde, o imunizante tem 85% de eficácia nos casos mais severos da doença. A pasta tem acordo de compra de 38 milhões de doses. Desse total, que só chegariam no final do ano, a pasta conseguiu o adiantamento de três milhões para este mês.

A remessa que chegaria ao País encontrava-se próxima do fim do prazo de validade, de 27 de junho. Por isso, seria distribuída originalmente apenas para as capitais brasileiras. No entanto, com base em protocolos usados nos Estados Unidos, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) pode aumentar o prazo de validade das doses de 12 para 18 semanas. Desta forma, o imunizante seria tecnicamente funcional até 8 de agosto.

LEIA MAIS | Ceará prevê vacinar toda a população até 18 anos até agosto: confira data prevista para cada idade

 + Pessoas até 41 anos são agendadas para vacina em Fortaleza; veja listas

No Ceará

Na última sexta-feira, 11, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) afirmou que o carregamento, com 120.200 doses, chegaria ao Estado nesta semana. Os imunizantes seriam destinados à vacinação da população entre 30 e 44 anos, em ordem decrescente. A pasta afirmou ainda que o lote será distribuído aos 184 municípios cearenses com recomendações específicas para a aplicação dessas vacinas, visando evitar perdas e frisando a utilização na população dentro da faixa etária especificada.

Ao O POVO, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) informou que o adiamento da chegada dos imunizantes da Janssen ao Brasil não irá afetar o cronograma de vacinação no Estado, já que o Ceará tem outras duas vacinas em atuação na campanha: Pfizer/BionTech e AstraZeneca/Fiocruz.