Participamos do

Covid-19: vacinação dos professores no Ceará começa a partir da próxima semana

Os critérios para a vacinação da categoria será divulgado pela Secretaria da Saúde ainda nesta sexta-feira, 21. Também há expectativa de atualização das medidas de isolamento social no Estaado
16:10 | Mai. 21, 2021
Autor Mirla Nobre
Foto do autor
Mirla Nobre Repórter-trainee
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Os professores da rede pública e privada de ensino do Ceará começarão a ser vacinados contra a Covid-19 a partir da próxima semana. O anúncio foi feito pelo governador do Ceará, Camilo Santana (PT), na tarde desta sexta-feira, 21, após reunião do Comitê de Enfrentamento à Covid. Conforme o governador, a vacinação dos nossos professores é a melhor forma de garantir o retorno às aulas presenciais em todas as séries com mais segurança.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

“Desde o ano passado temos solicitado ao Ministério da Saúde a inclusão dos profissionais da educação nas fases iniciais do Plano Nacional de Imunização (PNI). Tenho convicção de que a educação é o melhor caminho para construirmos um estado mais justo, humano e desenvolvido”, disse Camilo. A Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) deverá informar quais serão os critérios para a vacinação da categoria nas próximas horas.

O anúncio do governador ocorre um dia após a Justiça determinar o retorno das aulas presenciais no Ceará para o ensino médio. Conforme a medida, o modelo adotado deverá ser similar ao utilizado nos demais níveis já liberados, "de forma híbrida, gradual e facultativa, observados os protocolos sanitários então vigentes".

O retorno das aulas presenciais de ensino médio tem dividido opiniões de professores, entidades e até alunos. Uma das reivindicações dos sindicatos de professores era justamente a vacinação da categoria. 

Também nesta sexta-feira, o governador Camilo Santana deve anunciar o novo decreto cearense de isolamento social. Em vigor desde a última segunda-feira, 17, o documento atual autorizou o funcionamento ampliado de comércios de rua, restaurantes e shoppings, com capacidade de até 50%, de segunda-feira a domingo. Academias podem funcionar até as 21h, e também foi liberado o retorno das atividades em clubes, escolas de esporte, areninhas, aulas práticas de ensino superior e atividades extracurriculares das escolas.


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags