PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Camilo diz que governadores do NE avaliam ir à Justiça para liberação da Sputnik V

Desde a última semana, o chefe do Executivo estadual cearense vem reclamando da falta de agilidade da Anvisa para liberação dos imunizantes. Vacina já foi liberada na Argentina e tem eficácia comprovada

Leonardo Maia
20:01 | 10/04/2021
Produção da vacina Gam-COVID-Vac da Rússia contra a doença coronavírus (Covid-19) - registrada sob o nome comercial Sputnik V (Foto: Olga MALTSEVA / AFP)
Produção da vacina Gam-COVID-Vac da Rússia contra a doença coronavírus (Covid-19) - registrada sob o nome comercial Sputnik V (Foto: Olga MALTSEVA / AFP)

O governador Camilo Santana (PT) disse, em live para anunciar a retomada gradual neste sábado, que os governadores do Nordeste avaliam a possibilidade de ir à Justiça para que as vacinas russas da Sputnik V, adquiridas diretamente pelas federações, sejam liberadas para entrar no País e comecem a ser aplicadas.

Desde a última semana, o chefe do Executivo cearense tem criticado a demora da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para liberar os imunizantes. Ele argumenta que a vacina já é aplicada em vários países, com imunização de milhões de pessoas. “Há urgência dessa aquisição das vacinas para imunizar a população do Ceará”, insistiu Santana.

A Argentina, um dos países que está vacinando com o imunizante, enviará um parecer sobre os efeitos da vacina na população local, que deve servir como suporte para que a Anvisa decida sobre a autorização ou não para uso da vacina no País. A informação é do portal Correio Braziliense. As lideranças do Consórcio do Nordeste se reuniram com a assessora da presidência da Argentina, Cecília Nicolini.

Leia Também | Camilo anuncia compra 5,87 milhões de doses da vacina Sputnik V

Bolsonaro conversa com Putin sobre importação da vacina Sputnik V e fecha visita da Anvisa à Rússia

Em reunião com Anvisa, Camilo pede celeridade na aprovação da Sputnik V

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), acionou o Supremo Tribunal Federal (STF) nessa sexta-feira, 9, para que a Anvisa autorize o uso e a importação da vacina Sputnik V imediatamente. Ele também argumenta, conforme o portal Poder360, que a vacina já foi submetida a vários testes que comprovaram sua eficácia e segurança.

Sesa enviará protocolo “pioneiro” para Ministério da Saúde

Durante a transmissão ao vivo deste sábado, o titular da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa), Carlos Martins Rodrigues Sobrinho, o Dr. Cabeto, disse que o Estado enviará ao Ministério da Saúde protocolo que considerou “pioneiro” para tratar os pacientes com deficiência respiratória, mas não deu mais informações sobre o documento. Por meio de sua assessoria, a Sesa detalhou que a pasta foi a primeira a indicar o uso de corticoide para tratar a doença.

O POVO solicitou mais informações à secretaria sobre o protocolo que será encaminhado ao governo federal e aguarda resposta. No dia 2 de março deste ano, a pasta divulgou documento com uma série de orientações para o manejo de pacientes com casos suspeitos ou confirmados de Covid-19, especialmente para aqueles que têm insuficiência respiratória aguda.