PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Morre em Fortaleza o mestre sorveteiro Eugênio Gondim, vítima da Covid-19

O empresário era Diretor do Sindicato das Indústrias de Sorvetes do Estado do Ceará, sendo um dos fundadores do grupo

10:14 | 28/03/2021
Eugênio Gondim morreu aos 55 anos, vítima da Covid-19 (Foto: Reprodução: Instagram)
Eugênio Gondim morreu aos 55 anos, vítima da Covid-19 (Foto: Reprodução: Instagram)

Morreu, aos 55 anos, o mestre sorveteiro Eugênio Gondim. O diretor da Duggê Sorvetes Artesanais foi vítima da Covid-19, na última sexta-feira, 26. A paixão pelos sorvetes nasceu ainda em 1988, ao utilizar uma máquina que produzia a sobremesa que estava encostada na casa do seu pai, que era dono de uma lanchonete, na avenida Santos Dumont, em Fortaleza.

Em nota, a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec) lamentou a morte Gondim, e reconheceu o legado deixado pelo sorveteiro.

"Eugênio sempre foi referência em sua área de atuação e deixa um legado inestimável a todos que conheciam sua história. Neste momento de dor, rogamos a Deus que o receba e conforte o coração de todos os amigos e familiares de nosso estimado Eugênio", a nota é assinada pelo presidente da FIEC, Ricardo Cavalcante.

O Sindicato das Indústrias de Sorvetes no Ceará (Sindsorvetes) também lamentou o falecimento de Eugênio por meio de nota.

"Eugênio foi um dos fundadores do sindicato e atuou na diretoria pelos últimos 10 anos, contribuindo com a inovação de receitas e criação de novos sabores de todo o setor no estado. Além de empresário, Eugênio era famoso por seus hobbies culinários, que faziam grande sucesso em cursos, consultorias e eventos de sorvetes, formando centenas de pessoas, ele dedicou boa parte de sua vida dentro da indústria"

Mirian Pereira, presidente do Sindsorvetes, afirma que Gondim nunca perderá a sua relevância na área. "Temos que prestigiar, porque além de perder um amigo, perdemos também um mestre sorveteiro, que sempre será referência em nosso sindicato", afirma.

A confeiteira Socorro Castro, esposa de Eugênio, utilizou as redes sociais para se despedir do companheiro de jornada.

"Eu sei que eu fui muito feliz com você, e você também foi muito feliz ao meu lado! Mas por que você se foi tão cedo? Nós tínhamos ainda muita coisa para viver, muitos planos, muitas viagens, muitos beijos, muitos abraços e muito carinho", lamenta.