Logo O POVO+

Jornalismo, cultura e histórias em um só multistreaming.

Participamos do

São Paulo vai começar a vacinar professores e policiais contra Covid-19 em abril

Segundo anúncio realizado em coletiva pelo governador de São Paulo, João Doria (PSDB), a estimativa é que 530 mil profissionais de segurança e de educação sejam imunizados na primeira etapa
15:11 | Mar. 24, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), por meio de coletiva realizada na manhã desta quarta-feira, 24, anunciou que o estado começará a vacinar profissionais da segurança pública e da educação contra Covid-19 a partir do início de abril. De acordo com informações do portal de notícias UOL, com o avanço no processo de imunização, a Unidade Federativa deve se tornar a primeira a vacinar de forma ampla trabalhadores que atuam nessas áreas. 

Conforme anúncio feito pelo gestor, policiais e administração penitenciária serão contemplados com a primeira dose do imunizante no dia 5 de abril. Já no dia 14 do mesmo mês, será a vez de professores e de servidores da educação básica- com idade acima de 47 anos, começarem a ser vacinados. No total, 530 mil profissionais desses dois grupos serão imunizados na primeira etapa. 

| LEIA MAIS |

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

"Kit Covid" leva pacientes à fila de transplante de fígado, afirmam médicos

Justiça confirma condenação de candidatos por aglomerações; até churrasco com eleitores teve

Além de policiais militares, civis e científicos, serão contemplados nesse processo agentes da escolta penitenciária e efetivos das guardas civis metropolitanas municipais. No geral, o governador trabalha com a previsão de que o estado paulista conseguir vacinar 180 mil agentes de segurança pública. 

Em relação aos profissionais da área de educação, a estimativa do governo paulista é que 350 mil sejam imunizados no estado ao fim do processo. Entre eles estão professores, diretores de escolas, inspetores de alunos e demais trabalhadores que atuam em unidades de ensino.

Segundo a reportagem, também foi informada a antecipação da vacinação de idosos com idade entre 69 a 71 anos. Ao invés de acontecer no próximo sábado, 27, a nova etapa de imunização deve ocorrer na sexta-feira, 26. O anúncio chega no momento em que o estado paulista vive a segunda semana da "fase roxa", com medidas de isolamento social mais rígidas, como suspensão de jogos de futebol e limitação no horário de funcionamento daqueles serviços considerados como essenciais.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Os cookies nos ajudam a administrar este site. Ao usar nosso site, você concorda com nosso uso de cookies. Política de privacidade

Aceitar