PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Fortaleza tem maior lotação de UTIs desde o início da pandemia: 97%

Oito hospitais da Capital registram lotação total em equipamentos desse porte

Gabriela Almeida
20:05 | 22/03/2021
O maior índice tinha sido registrado há pouco mais de um mês, quando 97,01% das UTIs adulto estavam ocupadas (Foto: BARBARA MOIRA)
O maior índice tinha sido registrado há pouco mais de um mês, quando 97,01% das UTIs adulto estavam ocupadas (Foto: BARBARA MOIRA)

Fortaleza tem 97,16% dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto ocupados por pacientes que contraíram Covid-19, segundo dados obtidos até às 18h05min desta segunda-feira, 22, pela Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa) e divulgados por meio da plataforma IntegraSUS. A média é a maior já registrada desde quando a pandemia teve inicio no Estado, há pouco mais de um ano. 

Conforme monitoramentos anteriores, que consideram tanto hospitais públicos quanto privados, a maior média de ocupação em equipamentos desse porte na Capital foi identificada inicialmente no período de pico da doença, entre maio e abril de 2020, quando o índice chegou a quase 96%. Na primeira quinzena de fevereiro deste ano, contudo, foi observado lotação em 97,01% das UTIs, taxa que até esta segunda era a maior já identificada. 

| LEIA MAIS |

Prefeitura de Fortaleza lança refis com desconto de 100% nas multas e juros

829 estudantes de medicina do Ceará assinam nota crítica a Bolsonaro e pró-lockdown

No balanço de hoje, oito hospitais aparecem com 100% dos leitos de UTI ocupados até o intervalo de tempo analisado, sendo eles: Casa de Saúde e Maternidade São Raimundo, Hospital Geral Dr. Cesar Cals, Hospital Monte Klinikum, Hospital Otoclinica, Hospital São Carlos, Hospital Uniclinic, Hospital Universitário Walter Cantídio e Hospital São José de Doenças Infecciosas.

O monitoramento também aponta que, em números gerais, a Cidade tem 94,46% das UTIs ocupadas por pacientes que estão contaminados pelo vírus. Nos equipamentos desse porte destinados para o atendimento infantil, 81,13% das vagas já estavam preenchidas até o período analisado, número que é de 53, 85% na ala neonatal e de 100% na de gestante.

Já em relação a ocupação em leitos de enfermaria, voltados para casos menos graves, a média geral de ocupação até o intervalo de tempo é de 87,54%. A maior procura por internações tem sido na ala destinada para atendimento adulto, que atualmente tem 90.07% das vagas preenchidas. Enfermaria infantil e neonatal registram, respectivamente, 75,88% e 54.55% de ocupação.

Confira a taxa de ocupação das unidades em Fortaleza

Rede pública

Hospital Geral de Fortaleza
UTI - 98.48% (65 ocupados dos 66 disponíveis)
Enfermaria - 100% (150 ocupados dos 150 disponíveis)

Hospital Infantil Albert Sabin (Hias)
UTI - 96.97% (32 ocupados dos 33 disponíveis)
Enfermaria - 81.82 % (45 ocupados dos 55 disponíveis)

Hospital Universitário Walter Cantídio
UTI - 100% (14 ocupados dos 14 disponíveis)
Enfermaria - 80.56% (58 ocupados dos 72 disponíveis)

Hospital Estadual Leonardo Da Vinci (HELV)
UTI - 96.49% (165 ocupados dos 171 disponíveis)
Enfermaria - 90.91% (100 ocupados dos 110 disponíveis)

Hospital São José de Doenças Infecciosas (HSJ)
UTI - 100% (8 ocupados dos 8 disponíveis)
Enfermaria - 95.58% (108 ocupados dos 113 disponíveis)

Hospital Geral Dr. Cesar Cals
UTI - 100% (20 ocupados dos 20 disponíveis)
Enfermaria - 56.76% (21 ocupados dos 37 disponíveis)

Rede particular

Hospital Uniclinic
UTI - 100% (30 ocupados de 30 disponíveis)
Enfermaria - 96.47% (82 ocupados de 85 disponíveis)

Hospital São Carlos
UTI - 100% (40 ocupados de 40 disponíveis)
Enfermaria - 98% (49 ocupados de 50 disponíveis)

Casa de Saúde e Maternidade São Raimundo
UTI - 100% (8 ocupados de 8 disponíveis)
Enfermaria - 89.19% (33 ocupados de 37 disponíveis)

Hospital Aldeota
UTI - 94.74% (36 ocupados de 38 disponíveis)
Enfermaria - 90% (18 ocupados de 20 disponíveis)

Hospital Monte Klinikum
UTI - 100% (29 ocupados dos 29 disponíveis)
Enfermaria - 100% (32 ocupados dos 32 disponíveis)

Hospital Otoclinica
UTI - 100% (32 ocupados dos 32 disponíveis)
Enfermaria - 100% (96 ocupados dos 96 disponíveis)