PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Mais 72.500 doses de vacina contra a Covid-19 devem chegar ao Ceará nas próximas horas

Imunizantes serão enviados para os 184 municípios cearenses para dar continuidade à campanha de vacinação no Estado. Remessa foi confirmada após reunião entre governador cearense e ministro Eduardo Pazuello, da Saúde

Mirla Nobre
16:38 | 23/02/2021
"Está prevista nas próximas horas uma remessa de novas vacinas da AstraZeneca. Se for a mesma quantidade da vez passada, serão 72.500", disse Camilo (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
"Está prevista nas próximas horas uma remessa de novas vacinas da AstraZeneca. Se for a mesma quantidade da vez passada, serão 72.500", disse Camilo (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

O Estado do Ceará deve receber mais 72.500 doses da vacina AstraZeneca/Oxford contra a Covid-19 nas próximas horas. A informação foi divulgada pelo governador Camilo Santana (PT) após reunião com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, nesta terça-feira, 23, em Brasília. Conforme o ministro, os imunizantes serão enviados aos estados nas próximas horas.

Em publicação no Twitter, Camilo explicou que quando as vacinas chegarem em solo cearense, elas seguirão a mesma logística de distribuição adotada em lotes anteriores, e serão enviadas para os 184 municípios para dar continuidade à campanha de vacinação no Estado.


Leia Também | Camilo anuncia possível uso de leitos do Walter Cantídio e novo lote de vacinas para hoje

“Está prevista nas próximas horas uma remessa de novas vacinas da AstraZeneca. Se for a mesma quantidade da vez passada, serão 72.500. São dois milhões de doses que chegaram hoje ao Rio de Janeiro e estão sendo validadas pela Fiocruz”, informa Camilo. Ainda segundo o governador, a previsão é que até o final da semana, mais doses da CoronaVac cheguem ao Ceará.

Leia Também | Brasil recebe 3,2 milhões de doses de vacina contra a Covid-19 nesta terça-feira, 23

O Ceará já recebeu 449.900 doses de vacinas contra o novo coronavírus. Destas, 430.506 foram distribuídas e 19.394 doses foram para reserva estratégica. Ao todo são 377.400 doses da CoronaVac, do laboratório Sinovac em parceria com o Butantan, que chegaram ao Estado por meio de quatro remessas. Outras 72.500 doses foram da vacina da Astrazeneca/Fiocruz.