PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Neymar organiza festa de cinco dias para 500 convidados no Rio de Janeiro, diz colunista

Segundo Ancelmo Góis, do jornal O Globo, Neymar construiu um espaço com isolamento acústico. Assessoria do jogador nega realização do evento

12:09 | 27/12/2020
 A festa acontece em uma mansão em Mangaratiba, no litoral do Rio de Janeiro, para celebrar o Réveillon (Foto:  Reprodução/Instagram)
A festa acontece em uma mansão em Mangaratiba, no litoral do Rio de Janeiro, para celebrar o Réveillon (Foto: Reprodução/Instagram)

 

Segundo informação divulgada pelo colunista Ancelmo Góis, do jornal O Globo, o jogador Neymar está organizando uma festa de cinco dias para 500 convidados no Rio de Janeiro - mesmo em contexto de pandemia, onde aglomeração aumenta risco de contaminação.

Ainda conforme jornal, a festa acontece em uma mansão em Mangaratiba, no litoral do Rio de Janeiro, para celebrar o Réveillon. O evento já teria começado na noite de sexta-feira, 25, e vai até depois da virada do ano.

Segundo o jornalista, Neymar construiu um espaço com isolamento acústico, em um anexo na mansão em Mangaratiba, na Costa Verde, para não incomodar os vizinhos.

O astro do Paris Saint-Germain contratou uma banda para animar os convidados durante todos os dias da festança. O Notícias da TV, do UOL, procurou a assessoria do atacante, que negou a realização do evento no litoral do RJ.

Na lista de convidados estariam os amigos do jogador, a sua irmã, Rafaella Santos, e vários influenciadores, entre eles o ex-BBB Felipe Prior e Camila Loures, que esteve presente no evento organizado por Carlinhos Maia na cidade de Penedo (AL) e que deixou várias pessoas infectadas pela Covid-19. 

Outro jogador a organizar uma celebração de fim de ano é Gabigol. O evento do atleta do Flamengo será numa mansão em Joá, no Rio de Janeiro, e terá menos convidados, cerca de 50 pessoas, de acordo com Ancelmo Góis. As informações são do blog Notícias da TV e do O Globo.

LEIA TAMBÉM | Mileide Mihaile passa Natal isolada em quarto após testar positivo para Covid-19