PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Ceará anuncia compra de 147 câmaras refrigeradas para armazenamento de vacinas nos municípios

Equipamentos serão destinados ao armazenamento das vacinas contra a Covid-19

18:19 | 21/10/2020
 Investimento estadual é de R$ 2,8 milhões para o armazenamento das vacinas contra a Covid-19 no Ceará.  (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Investimento estadual é de R$ 2,8 milhões para o armazenamento das vacinas contra a Covid-19 no Ceará. (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

O Governo do Estado do Ceará vai adquirir 147 câmaras refrigeradas para os municípios. A licitação foi aberta pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesa) e visa preparar o Estado para o armazenamento das vacinas contra a Covid-19. O valor do investimento é de R$ 2,8 milhões para a compra de 143 câmaras de 200 litros e quatro de 300 litros. Os equipamentos hospitalares serão usados prioritariamente para o armazenamento das vacinas contra o coronavírus.

LEIA MAIS | 30 milhões de doses da vacina de Oxford devem ser entregues no fim de janeiro, informa Camilo 

O governador do Ceará participou, na última terça-feira, 20, de reunião com os governadores do País e com o Ministério da Saúde. A presidente da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Nísia Trindade, também esteve presente e informou que a previsão do órgão é de que, até o fim de janeiro, sejam entregues 30 milhões de doses da vacina feita em parceria com a Universidade de Oxford.

“Estamos nos antecipando e permitindo que os municípios cearenses tenham a estrutura necessária para receber e armazenar de forma eficaz as vacinas contra a Covid, quando elas forem disponibilizadas pelo Governo Federal”, disse o governador Camilo Santana.

LEIA MAIS | Sobre compra de vacina chinesa, Camilo Santana diz que não se pode colocar ideologia acima de vidas 

O cronograma da Fundação prevê que sejam distribuídas no País 100 milhões de doses no primeiro semestre de 2021, enquanto 110 milhões de doses sejam distribuídas no segundo semestre. “O Ceará continua acompanhando de perto a evolução desse processo, que é aguardado com muita ansiedade por todos. Lutaremos para que uma vacina segura e eficaz chegue o mais rápido possível para todos os brasileiros”, concluiu Camilo.