PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Profissionais do Hospital Batista relatam estar com salários atrasados há dois meses

Sesa afirma que pagamento depende de auditoria do relatório de produção do Hospital Batista e deve ser realizado na próxima semana

19:05 | 11/07/2020
O Hospital Batista foi fundado em 1969 (Foto: Reprodução/Google Maps)
O Hospital Batista foi fundado em 1969 (Foto: Reprodução/Google Maps)

O Hospital Batista Memorial é uma das unidades de saúde que está na linha de frente do enfrentamento ao novo coronavírus. Em abril, o equipamento da rede particular foi adquirido pelo Governo estadual a fim de garantir leitos aos pacientes de Covid-19 em Fortaleza. Desde então, como informa nas redes sociais, o hospital atendeu pelo menos 450 pessoas. Entretanto, médicos contratados para atuarem na unidade relatam estar com salários atrasados.

De acordo com o Sindicato dos Médicos do Ceará, os profissionais estão sem receber os valores referentes aos plantões prestados nos meses de maio e junho. “Recebemos essa informação dos médicos, mas hoje nós sabemos que são todos os profissionais da saúde. Médicos, enfermeiros, auxiliares”, afirma Leonardo Alcântara, presidente interino do Sindicato. Ele contabiliza que pelo menos 20 médicos estão sem receber seus pagamentos.

A unidade representativa da categoria conta que entrou em contato com a diretoria do Hospital Batista e foi informada que o atraso se deve à falta de repasse da verba por parte da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa). Ofícios também foram enviados ao hospital e à pasta estadual.

Em nota, a Sesa informa que “o convênio firmado pelo Governo do Estado com o Hospital Batista foi para contratação de 131 leitos”. De acordo com a pasta, a gestão do serviço é de responsabilidade do hospital contratado. O processo de pagamento de um serviço contratado ocorre com a apresentação do relatório de produção, auditoria e, em seguida, a execução do pagamento. A Sesa afirma que “o processo de auditoria do relatório de produção do Hospital Batista está sendo finalizado e na próxima semana será pago”.

O POVO entrou em contato com o Hospital Batista, mas foi informado que o atendimento à imprensa acontece somente entre segunda e sexta-feira.