PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Prefeitura colocará grades em calçadões e praças de Fortaleza para conter aglomerações

Operação iniciou no fim da tarde desta terça-feira, 5, na Beira Mar e na Vila do Mar. Outros locais alvos de denúncia também serão alvos

Matheus Facundo
20:37 | 09/06/2020
FORTALEZA, CE, BRASIL, 10-06-2020: Grades na orla de fortaleza. Fiscalização da AGEFIS na orla de fortaleza, fechando com grades de 100 em 100 metro do Nautico ate o Mercado do Peixes, para obitruir a via de pedestres. Em epoca de COVID 19. (Foto: Aurelio Alves/O POVO) (Foto: AURELIO ALVES)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 10-06-2020: Grades na orla de fortaleza. Fiscalização da AGEFIS na orla de fortaleza, fechando com grades de 100 em 100 metro do Nautico ate o Mercado do Peixes, para obitruir a via de pedestres. Em epoca de COVID 19. (Foto: Aurelio Alves/O POVO) (Foto: AURELIO ALVES)

Para conter a aglomeração de pessoas em espaços públicos, a Prefeitura de Fortaleza iniciou no fim da tarde desta terça-feira, 9, a fixação de grades em calçadões e praças para sinalizar a proibição de atividades individuais e coletivas de lazer e esportes. De acordo com prefeito Roberto Cláudio (PDT), a operação começa no eixo da orla da avenida Beira Mar e na Vila do Mar devido ao registro de aglomerações nestes e em outros locais nessa segunda-feira, 8.

Ação faz parte das medidas de intensificação da fiscalização de aglomerados resultantes da reabertura de comércios e de descumprimento do decreto de isolamento social em vigor no Ceará. "É uma operação também de fiscalização mas em tom educativo ressaltando a proibição da circulação de pessoas para atividades de lazer", pontua o prefeito.

Segundo o chefe do Executivo Municipal, a implantação das grades será feita também em outros espaços públicos que sejam alvos de denúncias de aglomeração. A Prefeitura manterá nestes locais equipes da respectiva Regional e da Guarda Municipal para garantir o respeito à ação.

Em live no Facebook nesta terça-feira, 9, RC anunciou também aumento da ações fiscalizatórias em shoppings e estabelecimentos comerciais que estão reabrindo durante o plano de retomada gradual da economia. Caso os protocolos sanitários e medidas não sejam cumpridas, os comércios poderão sofrer interdição.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >