PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Programas da Prefeitura devem beneficiar 340 mil famílias em situação de vulnerabilidade social

As iniciativas incluem distribuição de cestas básicas e pagamento de R$ 100 mensais a partir de maio

Lais Oliveira
12:37 | 28/04/2020
Os kits também ser entregues a integrantes do cadastro do Bolsa Família (Foto: Divulgação/PMF)
Os kits também ser entregues a integrantes do cadastro do Bolsa Família (Foto: Divulgação/PMF)

Pelo menos 340 mil famílias serão beneficiadas por diferentes programas da Prefeitura de Fortaleza durante período de isolamento social motivado pela pandemia. Em entrevista à Rádio O POVO/CBN nesta terça-feira, 28, o secretário de Governo Samuel Dias elencou as iniciativas do Município para dar suporte à população durante a paralisação das atividades econômicas. Entre elas estão a distribuição de cestas básicas e o pagamento de R$ 100 mensais a trabalhadores autônomos a partir de maio.


Para o secretário, desde já muitas pessoas encontram dificuldades para se manter financeiramente. "Muitos já enfrentam problema de ordem econômica e de insegurança alimentar por conta do isolamento social. Pensando nisso, a Prefeitura lançou alguns programas de apoio a essas pessoas que mais sofrem com a paralisação da economia", afirmou Samuel Dias.


Depois da paralisação das aulas na rede municipal de ensino, ocorreu a distribuindo dos kits de alimentação para 231 mil alunos da rede municipal ainda em março. Cada conjunto contém 1kg de açúcar, 2 kg de arroz branco, 1 pacote de macarrão espaguete, 1 pacote de biscoito, 1kg de feijão, 1 garrafa de óleo de soja, 1 kg de sal, 1 kg de farinha de mandioca e 1 pacote de farinha de milho.


De acordo com o secretário, uma segunda remessa de kits de alimentação estará sendo concluída nesta quarta-feira, 29, para entrega. Além disso, a Prefeitura distribuirá, a partir de amanhã, cestas básicas para as famílias cadastradas no programa Bolsa Família, que não receberam os kits escolares. As cestas possuem os mesmos produtos do kit, mas em quantidade maior. Cerca de 108 mil famílias deverão ser beneficiadas com a ação.


Conforme explica o secretário, motoristas de aplicativo, mototaxistas, trabalhadores de transporte escolar e catadores de material reciclável também terão direito às cestas básicas de alimento.


Renda em Casa


Como garantia de uma renda mínima, os trabalhadores autônomos receberão a partir de maio R$ 100 reais. Segundo Samuel Dias, feirantes, ambulantes, permissionários e artesões cadastrados na Prefeitura já estão sendo contatados. Após esse contato, ficará definido como o benefício chegará àquela pessoa.


LEIA TAMBÉM | Roberto Cláudio anuncia auxílio de R$ 100 para 17.500 trabalhadores autônomos de Fortaleza.

Ainda nesta semana, a Secretaria Municipal de Cultura de Fortaleza (Secultfor) abrirá uma chamada para cadastrar os artistas dos bairros da Cidade. Sem detalhar como seria o procedimento, Samuel Dias afirmou que será necessário comprovar baixa renda e subsistência por meio da arte para receber o pagamento.