PUBLICIDADE
Coronavírus
NOTÍCIA

Movimentações continuam em bairros com alerta por causa da Covid-19

O POVO registrou movimentações nos bairros Praia de Iracema, Barra do Ceará e Vila Velha; até a manhã desta quinta-feira, Ceará chegou a 4.437 casos da doença

12:59 | 23/04/2020
Bairro Vila Velha durante pandemia por Covid-19 (Foto: Fábio Lima/O POVO)
Bairro Vila Velha durante pandemia por Covid-19 (Foto: Fábio Lima/O POVO)

Apesar da renovação de decreto que proíbe aglomerações nas ruas do Ceará, ainda não há consenso sobre o isolamento social entre alguns moradores de Fortaleza. O POVO registrou movimentações nas ruas da Barra do Ceará, do Vila Velha e da Praia de Iracema na manhã desta quinta-feira, 23. Os três bairros estão sob alerta da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) por serem áreas de vulnerabilidade social, devido à rápida propagação da doença e o alto número de mortes.

Na Barra do Ceará, atividades como conversas e lavagem de roupas nas ruas não foram interrompidas pela Covid-19. O bairro é um dos maiores em número de mortes pela doença. Segundo o último boletim epidemiológico da SMS, 37 casos e 7 mortes foram confirmadas no local. 

LEIA MAIS | Prefeitura estima que Barra do Ceará tenha 900 casos de coronavírus;

O bairro Vila Velha é próximo da região da Barra do Ceará e do Grande Pirambu, bairros que têm mortes em áreas de maior vulnerabilidade social diante da pandemia. Quase todos os bairros da Capital tem casos de coronavírus, segundo a SMS.

Conforme O POVO constatou, as pessoas continuam a conversar nas ruas do bairro, que também registrou portas entreabertas de alguns comércios. O bairro Moura Brasil é o único território sem infecções até a noite da última quarta-feira, 22.

LEIA MAIS | E quando o coronavírus chegar às periferias?

A Praia de Iracema, região próxima de bairros como o Meireles e a Aldeota, também registrou movimentações pela manhã. Muitos ainda praticavam exercícios físicos e chegaram a aproveitar a praia. 

Clique na imagem para abrir a galeria