PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Mortos por coronavírus nos EUA podem ter passado de mil por dia

Bancos de dados divergem sobre número exato, mas contagem segue em aumento exponencial

Bemfica de Oliva
23:37 | 01/04/2020
WASHINGTON, DC - 31 DE MARÇO: Uma mulher corre ao longo o lago National Mall quase vazio em Washington, DC. Para impedir a disseminação do COVID-19, Virginia, Maryland e o Distrito de Columbia anunciaram pedidos de permanência em casa esta semana, devido ao coronavirus (Foto: Drew Angerer / AFP)
WASHINGTON, DC - 31 DE MARÇO: Uma mulher corre ao longo o lago National Mall quase vazio em Washington, DC. Para impedir a disseminação do COVID-19, Virginia, Maryland e o Distrito de Columbia anunciaram pedidos de permanência em casa esta semana, devido ao coronavirus (Foto: Drew Angerer / AFP)

O número de mortos em decorrência da covid-19 nos Estados Unidos pode ter passado de mil nas últimas 24 horas, segundo o site Worldometers. A página especializada em estatísticas vem coletando informações para elaborar tabelas em tempo real da quantidade de contaminações e mortes em diversos países.

Outras fontes de informação, porém, contam um número menor: segundo a agência de notícias France-Presse (AFP), o número chegou a 884, pelo levantamento da Universidade Johns Hopkins. Em ambas as contagens, porém, o total já passa de 4 mil mortos, e a quantidade das últimas 24 horas teria sido a maior já registrada no país.

As mortes diárias nos EUA já ultrapassam as de Itália e Espanha, considerados os países com situação mais grave em relação à doença. No número total de casos, com mais de 213 mil confirmações, os Estados Unidos já são o país com mais pessoas infectadas — com margem grande. Na última sexta-feira, 27, já haviam mais contaminações nos EUA que na China. Itália e Espanha também já superaram a quantidade de casos do país asiático, primeiro epicentro do novo coronavírus.

Mundialmente, o total de contaminações está chegando a 1 milhão de pessoas. É possível comparar a evolução dos casos entre diferentes países utilizando o infográfico feito por O POVO.

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >