PUBLICIDADE
Coronavírus
Noticia

Trump diz cogitar proibição de viagens aos EUA originadas do Brasil

Presidente do Brasil, Bolsonaro tem causada repercussão negativa internacional por tentar minimizar o perigo que o novo coronavírus representa

21:46 | 31/03/2020
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e o presidente dos EUA, Donald Trump, durante uma entrevista coletiva no Rose Garden da Casa Branca, em Washington (EUA) (Foto: Isac Nóbrega/PR)
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, e o presidente dos EUA, Donald Trump, durante uma entrevista coletiva no Rose Garden da Casa Branca, em Washington (EUA) (Foto: Isac Nóbrega/PR)

O presidente americano, Donald Trump, disse nesta terça-feira, 31, que está considerando seriamente proibir viagens aos Estados Unidos originadas do Brasil, onde seu aliado, o presidente da República Jair Bolsonaro, tem desprezado os perigos que o novo coronavírus representa.

Durante coletiva de imprensa na Casa Branca, Trump afirmou que está "absolutamente examinando uma proibição" a viagens do Brasil aos Estados Unidos.

Bolsonaro, que busca uma parceria próxima entre o Brasil e o país norte-americano, causou controvérsia ao afirmar que a pandemia do novo coronavírus não passava de uma "gripezinha" e insistir em que as pessoas fora do grupo de risco deveriam continuar trabalhando.

Suas falas e iniciativas contrariam as diretrizes da imensa maioria de especialistas e até mesmo do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, que prevê que a pandemia, que até o momento infectou 5.717 pessoas e causou 201 mortes no país, chegará ao auge no fim de abril.

O governo Trump já impôs proibições a viagens de fortes parceiros econômicos dos Estados Unidos, incluindo a China e a União Europeia, como parte de um esforço global para conter a disseminação do vírus.

sms/dw/mvv

Acesse a cobertura completa do Coronavírus >